PUBLICIDADE
Topo

Histórico

Categorias

Rodrigo Mattos

CBF planeja jogos no início de janeiro em 2014, sem pré-temporada

rodrigomattos

23/08/2013 06h00

( Para seguir o blog no Twitter: @_rodrigomattos_ )

Por conta do aperto gerado pela Copa-2014, o plano da CBF é de começar a temporada do futebol brasileiro no início de janeiro com os Estaduais. Isso significará acabar com a pré-temporada de preparação para os times, que é essencial para os jogadores adquirirem forma física e técnica após as férias.

Para se ter uma ideia, em 2013, as primeiras partidas de Estaduais aconteceram no dia 20 de janeiro, ou seja, na terceira semana do mês. A pré-temporada teve 17 dias, o que já é um período curto em comparação com a Europa.

Mas o blog ouviu de duas fontes ligadas à CBF que o calendário em elaboração vai prever os primeiros jogos de Estaduais em uma data entre 5 (domingo) e 8 (quarta-feira) de janeiro. Essa seria a forma de acomodar todas as datas das competições regionais, mais Libertadores e Brasileiro antes do recesso do Mundial.

O período da Copa, incluindo preparação, começa no final de maio, já que a partida de abertura está marcada para 12 de junho. E a final será em 13 de julho, o que ocupa entre 45 e 50 dias da temporada nacional.

Além de acabar com a pré-temporada, o calendário a partir do início de janeiro traz outro problema porque o Nacional de 2013 só acaba em 8 de dezembro. Ou seja, não haveria tempo sequer para os jogadores gozarem dos 30 dias de férias regulares, quanto mais se prepararem para voltar a jogar.

Representantes de sindicatos de jogadores também tiveram informação sobre esse início antecipado da temporada e estão preocupados com os direitos dos atletas, e com a sua saúde já que não poderão se preparar para os jogos. Há a possibilidade de fragmentar o período de descanso deles.

O calendário da CBF para 2014 está em fase final de elaboração: já existe um cronograma montado pelo departamento técnico. Mas faltam as aprovações da cúpula da entidade, composta pelo presidente José Maria Marin e pelo vice Marco Polo Del Nero. O documento costuma ser divulgado em outubro.

Oficialmente, a confederação não fala sobre o assunto.

Sobre o Autor

Nascido no Rio de Janeiro, em 1977, Rodrigo Mattos estudou jornalismo na UFRJ e Iniciou a carreira na sucursal carioca de “O Estado de S. Paulo” em 1999, já como repórter de Esporte. De lá, foi em 2001 para o diário Lance!, onde atuou como repórter e editor da coluna De Prima. Mudou-se para São Paulo para trabalhar na Folha de S. Paulo, de 2005 a 2012, ano em que se transferiu para o UOL. Juntamente com equipe da Folha, ganhou o Grande Prêmio Esso de Jornalismo 2012 e o Prêmio Embratel de Reportagem Esportiva 2012. Cobriu quatro Copas do Mundo e duas Olimpíadas.

Sobre o Blog

O objetivo desse blog é buscar informações exclusivas sobre clubes de futebol, Copa do Mundo e Olimpíada. Assim, pretende-se traçar um painel para além da história oficial de como é dirigido o esporte no Brasil e no mundo. Também se procurará trazer a esse espaço um olhar peculiar sobre personagens esportivas nacionais.

Rodrigo Mattos