Topo
Blog do Rodrigo Mattos

Blog do Rodrigo Mattos

Categorias

Histórico

Inter negocia com a Fifa gastos extras no Beira-Rio após a Copa

rodrigomattos

24/08/2013 06h00

Obras no Beira-Rio
Obras no Beira-Rio

[tagalbum id="18596 AND 16337 AND 63285″]

( Para seguir o blog no Twitter: @_rodrigomattos_ )

Em um processo semelhante ao que ocorre com o Corinthians, o Internacional tem negociado com a Fifa itens da construção do Beira-Rio para minimizar os custos extras no estádio após a Copa-2014. Mas é fato que o clube colorado terá de gastar um valor além dos R$ 330 milhões da reforma para adaptar a arena para seu uso. O montante da obra para o Mundial é bancado pela construtora Andrade Gutierrez.

Explica-se: o projeto para a Copa inclui instalações como áreas de imprensa, vestiário e áreas Vips, entre outros, com configurações que atendem às necessidades da federação internacional, mas são bem diferentes do que é mais útil para o clube. Os setores para jornalistas e Vips costumam ser bem maiores nos Mundiais do que é preciso, por exemplo, em uma partida de Brasileiro.

"Sempre fazemos uma análise de fato do que é preciso pela entidade (a Fifa) para tentar resolver. É uma discussão permanente. Nossa postura sempre foi de pensar na necessidade do que vem depois. Vamos fazer isso até o final", afirmou uma das vice-presidentes do Inter Diana de Oliveira, responsável pela obra.

Por isso, há sempre uma queda de braço entre o clube e a Fifa, como ocorre no caso do Itaquerão, onde os corintianos vetaram algumas das exigências da entidade.

A diretoria do clube gaúcho já tem uma estimativa de quanto terá de gastar após o Mundial no Beira-Rio, mas não quer revelar o valor porque ele passará por instâncias dentro da agremiação. Além disso, o Inter e a a Andrade Gutierrez estão concentrados na conclusão do Beira-Rio até o final do ano, prazo dado pela Fifa.

A maior preocupação do COL (Comitê Organizador Local) no momento é em relação as reformas que estão conectadas com as estruturas provisórias para o Mundial. Monitoram as obras de perto justamente para verificar se o que está sendo construído se encaixa na utilização durante a Copa de espaços para coletivas, ou tendas de patrocinadores.

A ideia do Inter é realizar os eventos-teste no Beira-Rio em partidas do Estadual e possivelmente da Libertadores de 2014. A expectativa é de que o estádio receba públicos grandes no início pela curiosidade de conhece-lo após a reforma. É provável que isso ocorra a partir de fevereiro, visto que, após a entrega, ainda precisam ser feitas verificações nas arenas antes de serem abertas ao público.

Sobre o Autor

Nascido no Rio de Janeiro, em 1977, Rodrigo Mattos estudou jornalismo na UFRJ e Iniciou a carreira na sucursal carioca de “O Estado de S. Paulo” em 1999, já como repórter de Esporte. De lá, foi em 2001 para o diário Lance!, onde atuou como repórter e editor da coluna De Prima. Mudou-se para São Paulo para trabalhar na Folha de S. Paulo, de 2005 a 2012, ano em que se transferiu para o UOL. Juntamente com equipe da Folha, ganhou o Grande Prêmio Esso de Jornalismo 2012 e o Prêmio Embratel de Reportagem Esportiva 2012. Cobriu quatro Copas do Mundo e duas Olimpíadas.

Sobre o Blog

O objetivo desse blog é buscar informações exclusivas sobre clubes de futebol, Copa do Mundo e Olimpíada. Assim, pretende-se traçar um painel para além da história oficial de como é dirigido o esporte no Brasil e no mundo. Também se procurará trazer a esse espaço um olhar peculiar sobre personagens esportivas nacionais.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Blog do Rodrigo Mattos