PUBLICIDADE
Topo

Histórico

Categorias

Times do Rio e São Paulo têm pior Brasileiro em 11 anos

rodrigomattos

28/10/2013 06h00

( Para seguir o blog no Twitter: @_rodrigomattos_ )

O Brasileiro-2013 apresenta o pior desempenho dos times do Rio de Janeiro e de São Paulo em 11 anos de Brasileiro dos pontos corridos. Nunca houve tão poucas equipes do eixo principal do futebol brasileiro entre os top 4, apenas o Botafogo, e entre os dez primeiros da competição, só três agremiações, até a 31a rodada do Nacional.

O domínio dos dois Estados sempre foi claro no campeonato, com nove dos dez títulos até agora no formato sem mata-matas. Tanto que, até este estágio do Nacional, o líder do campeonato era uma equipe da região em oito das dez edições anteriores do campeonato.

Nesta última rodada, os cariocas somaram quatro em 12 pontos. Já os paulistas tiveram nove pontos, em 12 possíveis, visto que Corinthians e Santos se enfrentaram no clássico. Serviu apenas para amenizar o aproveitamento no campeonato inteiro.

Os times das regiões estão praticamente fora da disputa pela conquista – o segundo Botafogo tem 12 pontos a menos do que o Cruzeiro ao final da rodada.

O cenário atual também torna provável que a equipe botafoguense seja a única do Rio-SP entre as classificadas ao torneio sul-americano por meio do Nacional. Até porque o Santos está a oito pontos do grupo de quatro com direito a vaga.

Até este estágio do Brasileiro, anteriormente, sempre houve pelo menos dois times dos dois Estados na zona de Libertadores que se classificariam para a principal competição sul-americana. São Paulo, especialmente, teve uma equipe entre os quatro melhores colocados em todos os campeonatos, considerada a 31a rodada.

Se levarmos em conta o ranking dos dez melhores colocados do Brasileiro, também há um contraste entre o desempenho dos times do eixo Rio-SP em edições anteriores e a atual.

Nesta rodada, só havia três equipes dos dois Estados no top 10 em 2009. Todos os outros campeonatos tinham pelo menos quatro agremiações da região na primeira parte da tabela. Em 2011, havia sete times paulistas e fluminenses entre os melhores.

Detalhe: são nove agremiações do Rio-SP no Brasileiro-2013, o que representa 45% do campeonato. Mesmo assim, apenas um quarto das vagas na Libertadores deve ir para a região. Nem o maior poderio financeiro, nem essa maioria teve efeito na edição deste ano do Brasileiro.

Sobre o Autor

Nascido no Rio de Janeiro, em 1977, Rodrigo Mattos estudou jornalismo na UFRJ e Iniciou a carreira na sucursal carioca de “O Estado de S. Paulo” em 1999, já como repórter de Esporte. De lá, foi em 2001 para o diário Lance!, onde atuou como repórter e editor da coluna De Prima. Mudou-se para São Paulo para trabalhar na Folha de S. Paulo, de 2005 a 2012, ano em que se transferiu para o UOL. Juntamente com equipe da Folha, ganhou o Grande Prêmio Esso de Jornalismo 2012 e o Prêmio Embratel de Reportagem Esportiva 2012. Cobriu quatro Copas do Mundo e duas Olimpíadas.

Sobre o Blog

O objetivo desse blog é buscar informações exclusivas sobre clubes de futebol, Copa do Mundo e Olimpíada. Assim, pretende-se traçar um painel para além da história oficial de como é dirigido o esporte no Brasil e no mundo. Também se procurará trazer a esse espaço um olhar peculiar sobre personagens esportivas nacionais.

Blog do Rodrigo Mattos