PUBLICIDADE
Topo

Histórico

Categorias

Rodrigo Mattos

Briga com zagueiro da seleção tira R$ 2,5 mi do Palmeiras

rodrigomattos

08/05/2014 06h01

A convocação do zagueiro Henrique para a seleção brasileira deixa escancarada uma perda de R$ 2,5 milhões do Palmeiras na negociação dele para o Napoli. Convocado pelo técnico Luiz Felipe Scolari, o jogador se valorizou e poderia render um dinheiro extra para o clube se tivesse sido mantido o vínculo com o clube. Pior, o clube pode ter de dar uma parte do que ganhou para representantes do atleta por dívida passada.

A saída de Henrique para a Europa ocorreu por conta de uma briga entre o presidente Paulo Nobre e o zagueiro. O dirigente ficou irritado com uma ação judicial do jogador para cobrar dívida do clube. Por isso, foi determinada sua saída quando chegou a proposta da Itália.

Na negociação, Paulo Nobre queria que o jogador fosse emprestado por seis meses com uma opção de compras dos direitos por 5 milhões de euros. Desta forma, o clube poderia capitalizar com a possível convocação para a seleção. Claro que, com o jogador chamado por Felipão, o time italiano pagaria o valor.

Mas, como havia uma disputa, o jogador informou que não não aceitaria sair por empréstimo. Disse que queria ser vendido para o Napoli. Resultado: foi fixado um preço mais baixo de 4 milhões de euros.

Desse total, 80% eram do Palmeiras, e outros 20% de seus representantes. Assim, a diferença entre os dois preços foi de 1 milhão de euros, e a parte do time alviverde seria 800 mil euros (R$ 2,5 milhões).

O dinheiro que efetivamente chegará ao Palmeiras será pago em três parcelas, uma já quitada, uma para o meio do ano e outra para o final. O problema é que esse montante pode sofrer descontos.

A Link Assessoria Esporte, dos representantes de Henrique, tem um processo de R$ 3,5 milhões contra o Palmeiras por uma comissão pela contratação do jogador. Em março de 2014, a Justiça já determinou que o Palmeiras tem que pagar o débito em três dias. Só que isso não ocorreu até agora.

O estafe do jogador da seleção já pediu para Nobre para que uma parte do dinheiro a ser pago pelo Napoli seja destinado para quitar a dívida. Outra ação de uma segunda empresa cobra R$ 1,2 milhão também por essa negociação.

O blog questionou a diretoria do Palmeiras sobre a transação e as perdas do clube. Mas não houve resposta até o final do dia.

Sobre o Autor

Nascido no Rio de Janeiro, em 1977, Rodrigo Mattos estudou jornalismo na UFRJ e Iniciou a carreira na sucursal carioca de “O Estado de S. Paulo” em 1999, já como repórter de Esporte. De lá, foi em 2001 para o diário Lance!, onde atuou como repórter e editor da coluna De Prima. Mudou-se para São Paulo para trabalhar na Folha de S. Paulo, de 2005 a 2012, ano em que se transferiu para o UOL. Juntamente com equipe da Folha, ganhou o Grande Prêmio Esso de Jornalismo 2012 e o Prêmio Embratel de Reportagem Esportiva 2012. Cobriu quatro Copas do Mundo e duas Olimpíadas.

Sobre o Blog

O objetivo desse blog é buscar informações exclusivas sobre clubes de futebol, Copa do Mundo e Olimpíada. Assim, pretende-se traçar um painel para além da história oficial de como é dirigido o esporte no Brasil e no mundo. Também se procurará trazer a esse espaço um olhar peculiar sobre personagens esportivas nacionais.

Rodrigo Mattos