Topo
Blog do Rodrigo Mattos

Blog do Rodrigo Mattos

Categorias

Histórico

Criticada, Fifa faz de Suárez um exemplo e prevê penas mais duras

rodrigomattos

27/06/2014 06h00

O banimento do uruguaio Luis Suárez por mordida a Chiellini da Copa-2014  foi realizado em julgamento feito como uma caixa-preta e gerou questionamentos sobre os critérios do Comitê Disciplinar da Fifa. Mas cartolas da cúpula da entidade referendam a decisão e um deles vê o jogador como exemplo. Tanto que prevê penas mais duras a partir de agora.

A federação internacional sequer divulgou quem foram os membros do comitê que julgaram Suárez, já que não são todos os 19 que participam das decisões. O blog apurou que foram apenas cinco juízes, e todos de países periféricos do mundo do futebol.

Além do presidente do comitê Claudio Sulser – suíço e amigo do presidente da Fifa, Joseph Blatter -, houve representantes do Paquistão, do Panamá e de Cingapura, um nome não foi descoberto. Isso causou revolta na Federação do Uruguai pela falta de tradição. "Tiraram o Suárez, só espero que não tirem o Uruguai da Copa", atacou Wilmar Valdez, presidente da entidade.

Mas cartolas da cúpula da Fifa defendem os critérios usados pelo comitê. Entendem que a punição ao uruguaio não pode ser comparada a agressões como cabeçadas e cotoveladas.

"Aquela época do Zidane, o futebol era bem diferente. E uma mordida é bem pior do que uma cabeçada, cotovelada, que são coisas do jogo", explicou o membro do Comitê Executivo da Fifa Rafael Salguero. "Agora, o comitê disciplinar não poderá ser mais brando. Terá que ser duro com todos."

Questionado sobre o assunto, Marco Polo Del Nero, outro membro do comitê, referendou: "As decisões do comitê têm que ser respeitadas", disse ele, também rechaçando comparação com cotoveladas.

Questionado sobre o assunto, Julio Grondona, vice-presidente da Fifa, disse que ainda não tivera tempo de ler todo o relatório sobre Suárez. Mas não houve quem condenasse a decisão.

"Se não punisse agora, qual exemplo que daríamos para as crianças? Tem que punir qualquer um, até Messi. Não é uma questão com sul-americanos", defendeu Rafael Salguero.

Suárez foi enquadrado no artigo 48 do Código Disciplinar que trata de agressão, citando cotovelada, socos e chutes. Não é mencionada uma possível mordida. Mas foi o recado que a Fifa deu para todos os jogadores.

Sobre o Autor

Nascido no Rio de Janeiro, em 1977, Rodrigo Mattos estudou jornalismo na UFRJ e Iniciou a carreira na sucursal carioca de “O Estado de S. Paulo” em 1999, já como repórter de Esporte. De lá, foi em 2001 para o diário Lance!, onde atuou como repórter e editor da coluna De Prima. Mudou-se para São Paulo para trabalhar na Folha de S. Paulo, de 2005 a 2012, ano em que se transferiu para o UOL. Juntamente com equipe da Folha, ganhou o Grande Prêmio Esso de Jornalismo 2012 e o Prêmio Embratel de Reportagem Esportiva 2012. Cobriu quatro Copas do Mundo e duas Olimpíadas.

Sobre o Blog

O objetivo desse blog é buscar informações exclusivas sobre clubes de futebol, Copa do Mundo e Olimpíada. Assim, pretende-se traçar um painel para além da história oficial de como é dirigido o esporte no Brasil e no mundo. Também se procurará trazer a esse espaço um olhar peculiar sobre personagens esportivas nacionais.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Blog do Rodrigo Mattos