PUBLICIDADE
Topo

Histórico

Categorias

CBF faz pesquisa com técnicos e sonda até Sabella

rodrigomattos

15/07/2014 13h13

A diretoria da CBF tem averiguado a situação de vários técnicos antes de se decidir por um substituto para Luiz Felipe Scolari. Nesta ronda, foi sondado o treinador da seleção Argentina, Alejandro Sabella, mas sua contratação, no momento, é difícil. A intenção é fechar com um treinador até o final do mês.

É certo que os dirigentes da confederação derrubaram o veto a um treinador estrangeiro, que vigorava até o fracasso de Felipão. Mas pelo menos duas fontes ligadas à cúpula da CBF dizem que a preferência continua a ser um técnico brasileiro desde que entendam que é um nome viável.

O problema é que cartolas veem falta de opções no país. Por isso, a CBF procurou por Alejandro Sabella nesta segunda-feira. Um representante da confederação perguntou a ele se se interessaria por trabalhar com a seleção brasileira, segundo apurou o blog.

Mas Sabella disse que nem começaria conversas agora porque só quer descansar com a família. Mais do que isso, sua situação com a AFA (Associação de Futebol Argentino) não está definida.

Cartolas argentinos querem a sua permanência pelo menos para amistosos deste ano. Pessoas ligadas ao treinador, no entanto, apontam ser improvável a sua continuidade no time argentino.

A questão é que a CBF pretende fechar a contratação de um novo treinador até o final do mês. Dificilmente o presidente José Maria Marin anunciará um novo comandante na quinta-feira, em entrevista marcada na entidade. A intenção é prolongar mais o processo para não errar.

Além de Sabella, jornais estrangeiros já relataram a procura por treinadores como o chileno Manuel Pellegrini e o português José Mourinho. Mas, na CBF, ninguém confirma a sondagens desses nomes.
$escape.getH()uolbr_geraModulos('embed-lista','/2014/leia-mais-1405441428715.vm')

Sobre o Autor

Nascido no Rio de Janeiro, em 1977, Rodrigo Mattos estudou jornalismo na UFRJ e Iniciou a carreira na sucursal carioca de “O Estado de S. Paulo” em 1999, já como repórter de Esporte. De lá, foi em 2001 para o diário Lance!, onde atuou como repórter e editor da coluna De Prima. Mudou-se para São Paulo para trabalhar na Folha de S. Paulo, de 2005 a 2012, ano em que se transferiu para o UOL. Juntamente com equipe da Folha, ganhou o Grande Prêmio Esso de Jornalismo 2012 e o Prêmio Embratel de Reportagem Esportiva 2012. Cobriu quatro Copas do Mundo e duas Olimpíadas.

Sobre o Blog

O objetivo desse blog é buscar informações exclusivas sobre clubes de futebol, Copa do Mundo e Olimpíada. Assim, pretende-se traçar um painel para além da história oficial de como é dirigido o esporte no Brasil e no mundo. Também se procurará trazer a esse espaço um olhar peculiar sobre personagens esportivas nacionais.

Blog do Rodrigo Mattos