Topo
Blog do Rodrigo Mattos

Blog do Rodrigo Mattos

Categorias

Histórico

São Paulo só tira título do Cruzeiro com virada inédita no Brasileiro

rodrigomattos

10/11/2014 06h00

Após a 33a rodada do Brasileiro, o São Paulo terá de conseguir uma virada inédita no Brasileiro para superar o Cruzeiro e ficar com o título da competição. Em 11 anos de pontos corridos no país, nunca nenhum time tirou cinco pontos de vantagem a apenas cinco jogos do encerramento do campeonato.

Na rodada do final de semana, o São Paulo venceu o Vitória (2 a 1) e o Cruzeiro bateu o Criciúma (3 a 1), o que manteve a diferença entre o líder e o segundo colocado em cinco pontos. Nas próximas partidas, ambos têm confrontos difíceis: a equipe são-paulina pega o Inter, em casa, e a agremiação mineira, o Santos, fora.

Apenas em duas edições do Nacional o time líder a cinco rodadas do final perdeu o título. Isso ocorreu em 2004 e em 2009. Mas, nas duas situações, a diferença de pontos era menor do que cinco pontos. O Flamengo conseguiu superar o Palmeiras que estava quatro pontos a sua frente em 2009.

O Santos virou sobre o Atlético-PR, em 2004, mas tinha só dois pontos a menos a cinco jogos do fim. Acabou três pontos a frente, isto é, conseguiu cinco pontos a mais do que o então líder nas rodadas final, o que daria um alento aos são-paulinos.

Há dois fatores que terão peso importante nesta reta final do campeonato: o desgaste dos dois times que disputam duas competições e a dificuldade dos adversários. No primeiro quesito, o Cruzeiro jogou mais partidas até agora na temporada, e tem a decisão da Copa do Brasil contra o rival Atlético-MG, o que acrescenta tensão à disputa.

Do lado são-paulino, o time enfrenta viagens longas na Copa Sul-Americana, sendo que na semifinal terá de ir até a Colômbia para jogar contra o Nacional.

Em relação aos adversários na reta final, o Cruzeiro tem duas pedreiras diante de Santos e Grêmio, fora de casa. Entre os primeiros colocados, ainda encara o Fluminense na última rodada. O caminho do São Paulo também não é fácil, com Inter, e dois clássicos (Palmeiras e Santos) pela frente. Terá de descontar um ponto por rodada, em média, para empatar com a equipe mineira.

Sobre o Autor

Nascido no Rio de Janeiro, em 1977, Rodrigo Mattos estudou jornalismo na UFRJ e Iniciou a carreira na sucursal carioca de “O Estado de S. Paulo” em 1999, já como repórter de Esporte. De lá, foi em 2001 para o diário Lance!, onde atuou como repórter e editor da coluna De Prima. Mudou-se para São Paulo para trabalhar na Folha de S. Paulo, de 2005 a 2012, ano em que se transferiu para o UOL. Juntamente com equipe da Folha, ganhou o Grande Prêmio Esso de Jornalismo 2012 e o Prêmio Embratel de Reportagem Esportiva 2012. Cobriu quatro Copas do Mundo e duas Olimpíadas.

Sobre o Blog

O objetivo desse blog é buscar informações exclusivas sobre clubes de futebol, Copa do Mundo e Olimpíada. Assim, pretende-se traçar um painel para além da história oficial de como é dirigido o esporte no Brasil e no mundo. Também se procurará trazer a esse espaço um olhar peculiar sobre personagens esportivas nacionais.

Mais Blog do Rodrigo Mattos