PUBLICIDADE
Topo

Rodrigo Mattos

Flamengo avisa Luxemburgo que não pagará seu salário por ordem judicial

rodrigomattos

24/02/2015 12h18

flamengo

O Flamengo avisou o técnico Vanderlei Luxemburgo que não poderá pagar a maior parte de seus salários por conta de uma ordem judicial em favor do ex-jogador Edmundo para que os valores sejam depositados em juízo. Uma parte dos vencimentos do treinador estão penhorados desde o ano passado. Ele recorreu, mas os pagamentos estão suspensos desde 15 de janeiro.

Edmundo processou Luxemburgo por dois cheques não quitados em um processo que se arrasta há quase dez anos. O valor já chegou a R$ 2,8 milhões com juros, e não houve acordo. Em novembro, a Justiça determinou  a penhora da parte do salário do Flamengo que excedesse R$ 108 mil.

Intimado em janeiro a depositar os valores em juízo, o clube notificou à WL Sports SS LTDA, empresa do treinador, que a Justiça "determinou o depósito em juízo de todos os pagamentos devidos à VSas até o montante de R$ 2,841 milhões". Assim, o Flamengo explicou que qualquer valor em nota emitida a partir de 15 de janeiro seria depositado na Justiça. "Somente serão pagas em caso de nova decisão judicial que suspenda ou reforme os efeitos da penhora", completou o documento de 5 de fevereiro de 2015.

"Tem que cumprir a decisão judicial. O Flamengo não descumprirá uma decisão. Não cabia ao clube outra coisa, e apenas comunicamos isso à empresa. ", afirmou o vice-presidente Jurídico do Flamengo, Flávio Willeman. "Se existe atraso de salário por causa disso ou não, não sei. Sei que não houve nenhum depósito judicial ainda."

De fato, o advogado de Edmundo Luiz Roberto Leven Siano já pediu que o dinheiro seja depositado e quer uma multa de R$ 500 mil diária para o Flamengo caso isso não aconteça. Só que não há uma decisão da Justiça para essa reivindicação. "Se a juíza aceitar o pedido, a multa passa a valer a partir daí", contou o advogado.

De propriedade de Luxemburgo e de sua mulher, a WL SPorts SS Ltda entrou com um recurso na Justiça, alegando estar sendo prejudicada pela decisão e pedindo a liberação da penhora. Só que o recurso foi rejeitado. O advogado de Luxemburgo, Marcos Paulo Vieira, afirmou que não poderia falar sobre o caso com o blog por conta do sigilo com seu cliente.

Segundo Leven Siano, está marcada uma audiência de conciliação entre Edmundo e Luxemburgo para a próxima sexta-feira, em que, possivelmente, os dois estarão frente a frente. Já houve outras tentativas de acordos sem sucesso. A diferença é que, agora, de fato os a maior parte dos rendimentos de Luxemburgo está retido.

Sobre o Autor

Nascido no Rio de Janeiro, em 1977, Rodrigo Mattos estudou jornalismo na UFRJ e Iniciou a carreira na sucursal carioca de “O Estado de S. Paulo” em 1999, já como repórter de Esporte. De lá, foi em 2001 para o diário Lance!, onde atuou como repórter e editor da coluna De Prima. Mudou-se para São Paulo para trabalhar na Folha de S. Paulo, de 2005 a 2012, ano em que se transferiu para o UOL. Juntamente com equipe da Folha, ganhou o Grande Prêmio Esso de Jornalismo 2012 e o Prêmio Embratel de Reportagem Esportiva 2012. Cobriu quatro Copas do Mundo e duas Olimpíadas.

Sobre o Blog

O objetivo desse blog é buscar informações exclusivas sobre clubes de futebol, Copa do Mundo e Olimpíada. Assim, pretende-se traçar um painel para além da história oficial de como é dirigido o esporte no Brasil e no mundo. Também se procurará trazer a esse espaço um olhar peculiar sobre personagens esportivas nacionais.