Blog do Rodrigo Mattos

Dívida dos grandes clubes supera R$ 5 bi. Veja ranking dos 12 times

rodrigomattos

O ex-presidente Maurício Assumpção levou o Botafogo ao topo do ranking de dívidas

O ex-presidente Maurício Assumpção tornou o Botafogo o maior devedor

Os 12 grandes clubes brasileiros voltaram a ter um crescimento nos seus débitos acima da inflação: o número superou pela primeira vez R$ 5 bilhões. Os dados constam dos balanços das agremiações de 2014, publicados nesta quinta-feira. O aumento em relação ao final de 2013 foi de 13% ou R$ 694 milhões. O número total é R$ 5,347 bilhões.

A análise foi feita pelo blog com as ajudas do consultor de marketing Amir Somoggi e do contador Benny Kessel. Suas avaliações para as contas dos clubes, bem mais aprofundadas, podem ser encontradas nos sites: www.futebolbusiness.com.br e www.balancodabola.blogspot.com.br. Eles não têm relação com eventuais erros, já que tudo aqui é de minha responsabilidade.

No levantamento, foram consideradas as dívidas líquidas das agremiações – as explicações para as regras estão abaixo em nota. Entre os 12 clubes, o Flamengo foi o único que reduziu o seu passivo, além de ter obtido a maior receita entre eles. É, sem dúvida, o quem tem avançado sob o ponto de vista financeiro, embora ainda figure como o segundo maior devedor.

Tanto que deixou a liderança do ranking das dívidas, posto que agora é ocupado pelo Botafogo. O clube alvinegro carioca foi, aliás, o que teve maior aumento de seu débito líquido com a gestão de Maurício Assumpção. É a situação mais dramática.

Mas o segundo maior crescimento de dívida foi do Corinthians com um salto de R$ 120 milhões. O clube ainda enfrenta o peso do passivo com a sua arena, que não está registrado no balanço.

Times como Grêmio, São Paulo e Santos também tiveram pioras sensíveis de suas contas. E o Vasco é um caso à parte: seu documento financeiro têm diversas ressalvas, os números não são confiáveis segundo os auditores, e as contas finais de Roberto Dinamite foram mudadas.

Veja abaixo a lista dos maiores débitos.

 Ranking das dívidas (em milhões)

1o Botafogo – R$ 848 – 2014  // R$ 699 – 2013 // Aumento – R$ 149

2o Flamengo – R$ 698 – 2014  // R$  757 – 2013  // Redução – R$ 59

3o Vasco – R$ 597 – 2014 //  R$ 572 – 2013 // Aumento – R$ 25

4o Atlético-MG – R$ 487 – 2014 // R$ 438 – 2013  // Aumento – R$ 49

5o Fluminense – R$ 440 – 2014 // R$ 423  – 2013 // Aumento – R$ 17

6o  Grêmio – R$ 383 – 2014 // R$ 282 – 2013 // Aumento – R$ 101

7o  Santos – R$ 373 – 2014  // R$ 297 – 2013 // Aumento – R$ 76

8o  São Paulo – R$ 341 – 2014  //  R$ 251 – 2013 // Aumento – R$ 90

9o Palmeiras – R$ 333 – 2014 //  R$ 312 – 2013 // Aumento – R$ 21

10o Corinthians ***- R$ 314  – 2014 // R$ 194 – 2013 // Aumento – R$ 120

11o Internacional – R$ 280 – 2014 // R$ 229 – 2013 //Aumento – R$ 51

12o Cruzeiro – R$ 253 – 2014 // R$ 200 – 2013 // Aumento – R$ 53

Nota Explicativa 1: A dívida líquida é o passivo total do clube menos o ativo circulante e o ativo não circulante, excluído o imobilizado. O que significa isso? Soma-se tudo que a agremiação deve e desse valor é subtraído o que ela tem para receber, isto é, seus créditos. Até o ano passado o blog usava o valor bruto do débito, mas mudou para refletir melhor a situação financeira de cada um. Os números foram arredondados para cima quando fracionados.

Nota Explicativa 2 *** Há que se ressalvar que o Corinthians não registra em seu balanço a sua dívida relacionada ao Itaquerão porque esta é indireta por meio de uma empresa. Esse débito está entre R$ 750 milhões e R$ 800 milhões. Considerado esse valor, o clube tem o maior endividamento entre os clubes brasileiros.