PUBLICIDADE
Topo

Histórico

Categorias

Na estreia, Primeira Liga mais do que dobrou média de público de Estaduais

rodrigomattos

27/01/2016 23h26

Em sua estreia, a Primeira Liga teve mais do que o dobro da média de público dos Estaduais disputados pelos times integrantes do campeonato, isto é, Rio de Janeiro, Santa Catarina, Minas Gerais, Paraná e Rio Grande do Sul. As quatro primeiras partidas tiveram público médio de 13.942 pagantes.

Considerados os números de 2015, com as finais e fases decisivas, o Estadual de Minas Gerais teve 5.377 de média, o Carioca, 5.372, o Gaúcho, 4.587, o Catarinense, 3.562, e o Paranaense, 3.177. Os números dessas médias de públicos são do Globo.com.

Na Primeira Liga, quem puxou a média de público foi o jogo Atlético-MG e Flamengo, cercado de rivalidade, que levou mais de 30 mil pessoas ao Mineirão na abertura da temporada. Mas nenhuma das quatro partidas de estreia – as outras foram Fluminense x Atlético-PR, Inter x Coritiba e Criciúma x Cruzeiro – esteve abaixo da média dos Estaduais.

Não houve sucesso comercial, ressalte-se. Boicotada pela CBF e pela Ferj (Federação de Futebol do Rio de Janeiro), a liga não conseguiu vender nenhuma placa e usou o espaço para fazer propagandas dos programas de sócio-torcedor de cada clube.

Mas a rodada foi transmitida pela Sportv que assumiu a competição como oficial e que terá continuidade. Chamou de Copa Sul-Minas-Rio, nome não oficial. Mas, caso a CBF mantenha a posição de barrar a segunda rodada, vai obrigar a Globo, sua parceira comercial, a explicar ao torcedor porque a competição não vai continuar.

Houve ainda, no Mineirão, o apoio do ministro do Esporte, George Hilton, ao torneio, vetado e considerado inexistente pela confederação. Com a competição nos estádios, e o público na arquibancada, a CBF vai ter que se esforçar para impedir a segunda rodada.

Veja também:

Guerrero quebra jejum de cinco meses e Flamengo vence a primeira com Muricy

Inter e Coritiba não saem do zero em jogo com protesto e flagra em camarote

Criciúma e Cruzeiro empatam em 1 a 1 na estreia da Primeira Liga

Fred é expulso após soco em rival, e Flu perde para Atlético-PR pela Liga

Sobre o Autor

Nascido no Rio de Janeiro, em 1977, Rodrigo Mattos estudou jornalismo na UFRJ e Iniciou a carreira na sucursal carioca de “O Estado de S. Paulo” em 1999, já como repórter de Esporte. De lá, foi em 2001 para o diário Lance!, onde atuou como repórter e editor da coluna De Prima. Mudou-se para São Paulo para trabalhar na Folha de S. Paulo, de 2005 a 2012, ano em que se transferiu para o UOL. Juntamente com equipe da Folha, ganhou o Grande Prêmio Esso de Jornalismo 2012 e o Prêmio Embratel de Reportagem Esportiva 2012. Cobriu quatro Copas do Mundo e duas Olimpíadas.

Sobre o Blog

O objetivo desse blog é buscar informações exclusivas sobre clubes de futebol, Copa do Mundo e Olimpíada. Assim, pretende-se traçar um painel para além da história oficial de como é dirigido o esporte no Brasil e no mundo. Também se procurará trazer a esse espaço um olhar peculiar sobre personagens esportivas nacionais.

Blog do Rodrigo Mattos