PUBLICIDADE
Topo

Histórico

Categorias

Rodrigo Mattos

Com mimos, Palmeiras terá divisão de cotas e luvas iguais a times da Turner

rodrigomattos

13/12/2016 17h12

O acordo do Palmeiras com o Esporte Interativo pelos direitos do Brasileiro tem como base condições iguais a de outros clubes da emissora: cotas divididas por critérios técnicos e de audiência e luvas no mesmo valor. Neste formato, o time alviverde deve ganhar mais do que o restante dos times por ter maior torcida, e bons resultados recentes. E a proposta foi superior à do Sportv.

Além disso, o Esporte Interativo deu mimos como divulgação do nome do estádio, promoção para turbinar sócios-torcedor e a possibilidade de torneios contra grandes europeus e direitos sobre replay de seus jogos. Itens que não foram contemplados pela Globo e Sportv que, por exemplo, se recusa a falar o nome do Allianz Parque. Esse tratamento foi dado porque o Palmeiras passa a ser o carro-chefe da Turner.

A proposta do Esporte Interativo para todos os 20 times do Brasileiro da Série A foi R$ 560 milhões por ano a partir de 2019. Era superior ao da Globo que oferecia R$ 100 milhões, mas incluía em um pacote com TV Aberta, Fechada e pay-per-view juntos.

Esse valor da Turner seria proporcional a quantos clubes fechassem. A Turner tem no momento seis times da Primeira Divisão de 2017: Santos, Palmeiras, Atlético-PR, Coritiba, Bahia e Ponte Preta. O Internacional também fechou com a empresa. Ainda não há um cálculo de qual o investimento total.

Assim, o acordo é para que o Palmeiras e os outros seis dividam o montante inteiro por sete pelo seguinte critério: 50% igualmente, 25% de acordo com a posição do campeonato, e 25% por audiência do Ibope. É provável que o time alviverde fique com a maior cota já que tem maior torcida, e se estruturou para montar times fortes. A Globo também tinha igualado as cotas, mas tinha dado mimos ao Flamengo e Corinthians.

Em relação a luvas, o time alviverde receberá R$ 40 milhões, mesmo valor ganho pelos os outros times que assinaram. O blog do Perrone revelou que R$ 30 milhões já foram pagos.

Dentro do contrato palmeirense, no entanto, há peculiaridades para turbinar o programa Avanti e o estádio palmeirense. Foi acertado também que o Palmeiras terá o direito sobre a exibição de seu jogo na íntegra em sua televisão com delay. Isso também foi dado para os outros times que assinaram com o EI, e é um direito não fornecido pela Globo.

Sobre o Autor

Nascido no Rio de Janeiro, em 1977, Rodrigo Mattos estudou jornalismo na UFRJ e Iniciou a carreira na sucursal carioca de “O Estado de S. Paulo” em 1999, já como repórter de Esporte. De lá, foi em 2001 para o diário Lance!, onde atuou como repórter e editor da coluna De Prima. Mudou-se para São Paulo para trabalhar na Folha de S. Paulo, de 2005 a 2012, ano em que se transferiu para o UOL. Juntamente com equipe da Folha, ganhou o Grande Prêmio Esso de Jornalismo 2012 e o Prêmio Embratel de Reportagem Esportiva 2012. Cobriu quatro Copas do Mundo e duas Olimpíadas.

Sobre o Blog

O objetivo desse blog é buscar informações exclusivas sobre clubes de futebol, Copa do Mundo e Olimpíada. Assim, pretende-se traçar um painel para além da história oficial de como é dirigido o esporte no Brasil e no mundo. Também se procurará trazer a esse espaço um olhar peculiar sobre personagens esportivas nacionais.

Rodrigo Mattos