Blog do Rodrigo Mattos

Acionado na Espanha, Neymar processa Barça na Fifa por bônus

rodrigomattos

Com Bruno Thadeu

Os advogados do jogador Neymar já entraram com processo contra o Barcelona na Fifa para receber o pagamento de bônus pela assinatura de sua renovação, assinada antes do jogador se transferir para o PSG (Paris Saint-Germain). O valor é de 26 milhões de euros (R$ 93 milhões). A ação na federação internacional já tinha ocorrido antes de o clube espanhol anunciar que acionou o seu ex-jogador em tribunal do trabalho por danos morais.

A saída de Neymar do Barcelona ocorreu de forma conflituosa. O PSG pagou a multa em negociação que não tinha concordância do clube espanhol. Por isso, o blog apurou que o Barça não pagou nada do bônus de 26 milhões de euros da renovação do contrato feita no ano passado, alegando que ele não ficou mais de um ano.

Oficialmente, a assessoria de Neymar não confirma que há um processo na Fifa, apenas informou que foi ''iniciado procedimento formal de cobrança''. O blog apurou que o processo na federação internacional já se iniciou.

Anteriormente, o stafe de Neymar já tinha sinalizado com um processo como informou o blog do Perrone. Mas, depois, desistiu por uma solução negociada. Mas a relação com o Barcelona se acirrou novamente e o jogador foi para a Fifa.

O processo do Barcelona na corte trabalhista da Espanha é relacionado ao bônus e cobra outros 8,5 milhões de euros em prejuízos.

Abaixo a nota da N & N, empresa do pai de Neymar que administra sua carreira:

''Cumpre-nos informar que o atleta Neymar Júnior e seus advogados já estão cientes do comunicado divulgado hoje – 22/08 – pelo F.C. Barcelona, acerca da ação promovida perante a Justiça Social de Barcelona.

Vale ressaltar que tal notícia foi recebida com surpresa, vez que o Atleta cumpriu integralmente o contrato então vigente, com o depósito integral dos valores livremente pactuados com o F.C. Barcelona visando sua liberação.

Não obstante, quando da regular citação e após a análise integral da demanda promovida pelo Clube, a defesa formal do Atleta será oportunamente apresentada. 

Já com relação aos bônus devidos pela assinatura do contrato de 2016, contratualmente ajustados e declaradamente não pagos pelo F.C. Barcelona, cumpre ainda informar que o Atleta já iniciou o procedimento formal de cobrança perante o foro competente.''