Blog do Rodrigo Mattos

Clubes devem ficar isentos de revelar fatias de seus jogadores

rodrigomattos

Os clubes não devem mais ter de exibir o fatiamento de seus jogadores em seus balanços de 2018. Essa mudança deve ser aprovada nas novas regras de contabilidade para times de futebol que estão em fase final de discussão. Foi um pedidos dos próprios clubes para a alteração desta norma.

Atualmente, os clubes têm que mostrar qual o percentual dos direitos que detém de cada um dos seus atletas em seus balanços, revelando quanto pertence a terceiros. Dessa forma, é possível saber quando o jogador é fatiado e como.

Mas isso incomoda dirigentes de clubes que alegam que os dados são estratégicos e portanto a sua exibição os prejudica. Houve um pedido dos cartolas para retirar esse item das novas regras de contabilidade para times.

Há um texto com proposta de alteração das normas do Conselho Federal de Contabilidade. Esse documento muda a contabilidade de luvas de TV e de direitos de imagem de jogadores, e exclui a revelação dos fatiamento dos atletas.

Agora, haverá uma câmara técnica e audiências públicas para depois ser fechado o texto final no conselho de contabilidade. A tendência é que o texto siga inalterado e portanto os clubes se tornem isentos de exibir fatiamento de atletas a partir do próximo ano.

A compra de percentuais de jogadores por terceiros, que não clubes de futebol, está vetada pela Fifa desde 2015. Mas há clubes que dividem atletas, e percentuais que permaneceram de contratos antigos.