Blog do Rodrigo Mattos

Presidente gremista ‘estranha’ escalação de Héber no jogo com Corinthians

rodrigomattos

O presidente do Grêmio, Romildo Bolzan Jr, criticou a comissão de arbitragem da CBF pela escalação do árbitro Héber Roberto Lopes para o jogo diante do Corinthians, repetindo críticas que fizera à ESPN. Ele afirmou que não tem intenção de ofender o juiz, mas considera o tecnicamente inapropriado para a partida.

''Estranho a escalação. Estava fora da escala por algum tempo. Estranho'', afirmou Bolzan ao blog. Em seguida, ressaltou que não tem objetivo de adjetivar o juiz, nem intenção de ofender o juiz.  (A ESPN publicou que ele se referiu a Héber como ''vagabundo paranaense''. Bolzan não disse isso ao blog)

Para explicar sua rejeição a Héber, Bolzan fez menção ao seu histórico como árbitro e não a problemas específicos com o Grêmio. ''Pelo histórico dele, não entendo que seja um árbitro de primeira linha. Pode ser considerado, mas não é.''

O dirigente gremista disse que não aponta a escalação como uma tentativa de favorecimento ao Corinthians, mas entende que Héber costuma ajudar times da casa. ''É um árbitro localista.''

Sua reclamação com a CBF é mais ampla ao indicar que o Grêmio tem tido árbitros ruins escalados em seus jogos. Citou juízes que atuaram nos jogos com Fluminense, Coritiba e Cruzeiro. Entende que não necessariamente o resultado foi influenciado, mas os juízes não eram de primeira linha.

O blog tentou ouvir o presidente da comissão de arbitragem da CBF, mas não conseguiu o contato.