Blog do Rodrigo Mattos

Chape tem plano para reforma do estádio por R$ 131 milhões

rodrigomattos

O plano da diretoria da Chapecoense para modernizar a Arena Condá que prevê investimento de US$ 40 milhões (R$ 131 milhões). O objetivo é fazer uma PPP (Parceria Público-Privada) com a prefeitura de Chapecó. Há uma primeira etapa do projeto com investimento do Ministério do Esporte de R$ 16 milhões que já está encaminhada.

''Tem um projeto de reforma do estádio com total de US$ 40 milhões. Desse total, R$ 16 milhões virão do Ministério do Esporte. Envolve a cobertura da área leste, refletores, museu. Isso está aprovado com o município'', contou o presidente da Chapecoense, Plínio David de Nês Filho, o Maninho. Esse projeto foi apresentado no meio do ano.

Mas há uma complementação prevista para efetivamente mudar o patamar do estádio no futuro. Para isso, a ideia seria uma PPP com a prefeitura de Chapecó. Para isso, a Chapecoense iria buscar investidores para um fundo para essa reforma.

''Aí poderia fazer uma concessão de 30 anos renovável por mais 30 anos para o clube em troca do investimento por meio de uma PPP'', contou Maninho. É ainda um projeto embrionário que necessitaria de busca dos investidores.

A nova Arena Condá teria capacidade aumentada para em torno de 34 mil pessoas. Atualmente, são entre 21 mil e 22 mil torcedores. A ideia é ter um estádio com as mesmas capacidades técnicas de outros equipamentos novos, com tecnologia para transmissão de jogos similar a das arenas do país.

O investimento no estádio faz parte do projeto de crescimento da Chapecoense que chega, neste ano, à sua segunda classificação à Libertadores, apesar da tragédia que matou a maior parte do elenco no ano passado. Do ponto de vista estrutura, outra etapa é construir um CT moderno para trabalho do elenco.