Blog do Rodrigo Mattos

Por contrato, Cruzeiro se comprometeu a defender Fred e não discutir multa

rodrigomattos

Fred em ação durante jogo do Cruzeiro no Campeonato Mineiro (Thomás Santos/AGIF)

O Cruzeiro se comprometeu a defender o atacante Fred em qualquer ação movida pelo Atlético-MG, e a pagar a multa com o clube rival sem discutir se é válida. É o que está escrito em um contrato assinado entre o clube cruzeirense e o jogador na ocasião de sua contratação a que o blog teve acesso.

O Atlético-MG está exigindo de Fred o pagamento da multa de R$ 10 milhões em ação na Câmara Nacional de Resolução de Disputas, órgão arbitral ligado à CBF. Quer a quitação ou pede a rescisão do contrato entre Cruzeiro e o atacante até seu pagamento. Fred se defende sozinho, enquanto o time da Toca da Raposa entrou com ação na Justiça comum para discutir a questão.

Em documento em 22 de dezembro, época da sua contratação, Fred e Cruzeiro assinaram um ''Termo de Responsabilidade''. Pelo acordo, fica claro que a agremiação que deveria tomar a frente de eventuais cobranças.

Na cláusula 2,3, está dito: ''Na eventualidade de o Atlético iniciar qualquer procedimento, judicial, extrajudicial ou de outra natureza, contra o Atleta ou a Seven Sports, independente da época em que esse procedimento venha a existir, o Cruzeiro tomará todas as providências para que o Atleta e a Seven Sports sejam excluídos procedimentos adotados pelo Atletico, de forma que qualquer discussão ou disputa se dê exclusivamente entre o Atlético e o Cruzeiro.''

Em seguida, é explicado que na impossibilidade de exclusão, o Cruzeiro deve pagar pela defesa feita por Fred, e manterá o jogador sem custos por eventuais resultados.

Mais adiante, na cláusula 2.5, o Cruzeiro garante que não vai questionar a validade da multa: ''O Cruzeiro compromete-se a se abster de questionar, por qualquer razão, o Termo de Responsabilidade Contratual e as repercussões, pagando as quantias solicitadas pelo Atlético.''

Como já revelado pelo UOL Esporte, o Cruzeiro deu em penhora a Fred como garantia as cotas de televisão da Globo. Além disso, o clube assinou R$ 10 milhões em promissórias, garantidas pelo presidente e vice-presidente cruzeirenses.

Nesta semana, a diretoria do Cruzeiro informou que considera incerta a multa a ser paga por Fred, e que ele discutiria esta na Câmara da CBF. Questionada novamente pelo blog, a diretoria cruzeirense informou: ''O Cruzeiro já se pronunciou sobre isso e não vai comentar cláusulas de contratos.''

Leia também: