Topo
Blog do Rodrigo Mattos

Blog do Rodrigo Mattos

Categorias

Histórico

Tabela da Libertadores tem confusão de datas e jogos, e desfalca times

rodrigomattos

19/12/2018 11h17

A Conmebol fez uma confusão com a tabela da Libertadores com idas e vindas: marcou dois jogos de um time no mesmo dia (River Plate), coincidiu rodada com data Fifa e contrariou o previsto inicialmente no regulamento. Haverá desfalques para os times que tiveram jogadores na seleção.

A primeira tabela da Libertadores divulgada na noite de segunda-feira já tinha contradições em relação ao regulamento da competição. Havia uma previsão de que o cabeça-de-chave do grupo estrearia com o time do segundo pote como previsto nas regras. A partir, havia uma sequência de jogos previstas tanto que os clubes brasileiros se baseavam nisso.

Mas a Conmebol divulgou uma tabela diferente com estreia do cabeça-de-chave contra o terceiro do pote. Questionada, a entidade inicialmente informou que mudaria a tabela e a tirou do ar. Na terça-feira, divulgou a mesma tabela de novo.

Ao blog, a entidade informou que o artigo 34 do regulamento permite que a entidade modifique a ordem das partidas quando achar necessário. Assim, foi feito.

Mas o programa de partidas tem outro problema: foram marcadas partidas para o dia 26 de março, uma data Fifa. Nesta data, as seleções têm prioridade e poderá contar com os jogadores convocados. Em resumo, as equipes, incluindo brasileiros, terão desfalques de jogadores selecionáveis em jogo relevante da Libertadores.

Questionada, a Conmebol informou que a medida foi aprovada em reunião no Conselho Executivo e contou com um aval da Fifa. A princípio, competições internacionais não poderiam ter datas coincidentes com a Fifa.

Mas a confusão não para por aí. O River Plate tem dois jogos teoricamente marcados para o mesmo dia. Na tabela da Libertadores, o time enfrenta o Alianza Lima, no dia 6 de março, pela primeira fase. Só que a Conmebol tinha previsto que a segunda partida da final da Recopa seria justamente no dia 6 de março. No caso do Athletico-PR, há um jogo marcado no dia 5 de março, diante do Tolima. Ou seja, atuaria um dia antes da final.

Desta vez, a confederação diz que essa partida da Recopa ainda não tinha data confirmada, embora esteja no site da entidade com previsão para o dia 6 de março. A sinalização com a marcação do jogo do River e do Athletico-PR é de que de fato haverá uma final única na Recopa, com um jogo em campo neutro, pelo que apurou o blog.

Sobre o Autor

Nascido no Rio de Janeiro, em 1977, Rodrigo Mattos estudou jornalismo na UFRJ e Iniciou a carreira na sucursal carioca de “O Estado de S. Paulo” em 1999, já como repórter de Esporte. De lá, foi em 2001 para o diário Lance!, onde atuou como repórter e editor da coluna De Prima. Mudou-se para São Paulo para trabalhar na Folha de S. Paulo, de 2005 a 2012, ano em que se transferiu para o UOL. Juntamente com equipe da Folha, ganhou o Grande Prêmio Esso de Jornalismo 2012 e o Prêmio Embratel de Reportagem Esportiva 2012. Cobriu quatro Copas do Mundo e duas Olimpíadas.

Sobre o Blog

O objetivo desse blog é buscar informações exclusivas sobre clubes de futebol, Copa do Mundo e Olimpíada. Assim, pretende-se traçar um painel para além da história oficial de como é dirigido o esporte no Brasil e no mundo. Também se procurará trazer a esse espaço um olhar peculiar sobre personagens esportivas nacionais.

Mais Blog do Rodrigo Mattos