PUBLICIDADE
Topo

Histórico

Categorias

Rodrigo Mattos

Palmeiras teve melhor desempenho em 2018, seguido por Inter, Fla e Grêmio

rodrigomattos

31/12/2018 04h00

Consideradas as competições relevantes do cenário nacionais e internacionais, o Palmeiras foi o time com melhor rendimento em pontos entre os grandes do Brasil. Foi seguido por Internacional, Flamengo e Grêmio, que tiveram percentuais próximos. O pior foi o Vasco.

Anualmente, o blog levanta o desempenho dos maiores times brasileiros nos campeonatos mais relevantes: Brasileiro, Copa do Brasil, Sul-Americana, Libertadores e Recopa. O objetivo é avaliar, para além de título, quem foi mais eficiente na obtenção de pontos contra rivais fortes.

O campeão brasileiro sempre leva vantagem porque é a competição com maior número de jogos. Mas o Palmeiras foi bem também na Copa do Brasil e na Libertadores, atingindo as semifinais em ambas. Assim, ficou próximo dos 70% de pontos conquistados entre os disputados.

Em seguida, o melhor desempenho foi do Internacional. É preciso observar, no entanto, que o time gaúcho jogou menos partidas de elite, pois, além do Brasileiro, só disputou a Copa do Brasil e até a quarta fase, quando foi eliminado pelo Vitória.

Flamengo e Grêmio, com percentuais próximos dos 60% de aproveitamento, jogaram Brasileiro, Libertadores e Copa do Brasil. Portanto, tiveram maior número de jogos difíceis na temporada do que o Colorado.

Um segundo escalão de desempenho tem São Paulo, Athletico-PR, Cruzeiro e Atlético-MG, sendo que dois deles ganharam títulos em mata-matas, Sul-Americana e Copa do Brasil.

Os outros times grandes ganharam menos da metade dos pontos que disputaram no ano em campeonatos relevantes, sendo o pior deles o Vasco, com apenas 40,4% dos pontos. É preciso ressaltar, no entanto, a evolução do Bahia – que antes era uma equipe que brigava para não cair e, neste ano, esteve no meio da tabela e avançou até as quartas-de-final da Sul-Americana e da Copa do Brasil.

1- Palmeiras – 115 pontos/ 56 jogos – 68,5%

2- Internacional – 82 pontos/ 44 jogos – 62,1%

3- Flamengo – 94 pontos / 52 jogos – 60,3%

4- Grêmio – 100 pontos/56 jogos – 59,5%

5- São Paulo – 79 pontos/ 48 jogos – 54,9%

6- Athletico-PR – 95 pontos /58 jogos – 54,6%

7- Cruzeiro – 84 pontos / 54 jogos – 51,9%

8- Atlético-MG – 73 pontos / 48 jogos – 50,7%

9- Fluminense – 73 pontos / 52 jogos – 46,8%

10- Botafogo – 61 pontos / 45 jogos – 45,2%

11- Santos – 67 pontos / 50 jogos – 44,7%

12- Corinthians – 71 pontos / 54 jogos – 43,8%

13- Bahia – 65 pontos /50 jogos – 43,3%

14- Vasco – 63 pontos / 52 jogos – 40,4%

 

Sobre o Autor

Nascido no Rio de Janeiro, em 1977, Rodrigo Mattos estudou jornalismo na UFRJ e Iniciou a carreira na sucursal carioca de “O Estado de S. Paulo” em 1999, já como repórter de Esporte. De lá, foi em 2001 para o diário Lance!, onde atuou como repórter e editor da coluna De Prima. Mudou-se para São Paulo para trabalhar na Folha de S. Paulo, de 2005 a 2012, ano em que se transferiu para o UOL. Juntamente com equipe da Folha, ganhou o Grande Prêmio Esso de Jornalismo 2012 e o Prêmio Embratel de Reportagem Esportiva 2012. Cobriu quatro Copas do Mundo e duas Olimpíadas.

Sobre o Blog

O objetivo desse blog é buscar informações exclusivas sobre clubes de futebol, Copa do Mundo e Olimpíada. Assim, pretende-se traçar um painel para além da história oficial de como é dirigido o esporte no Brasil e no mundo. Também se procurará trazer a esse espaço um olhar peculiar sobre personagens esportivas nacionais.

Rodrigo Mattos