Blog do Rodrigo Mattos

Athletico-PR pede à Turner bloqueio da cota do Santos por causa da Globo

rodrigomattos

Athletico-PR já reivindicou à Turner o bloqueio de R$ 17,5 milhões da cota de TV fechada do Santos por ter assinado com a Globo. A alegação é de que o time paulista deve uma multa contratual por compromisso assinado entre os times de que só fechariam com a emissora carioca em conjunto. O Santos entende que não haverá bloqueio de sua verba.

Após fecharem com a Turner, quatro clubes, Athletico-PR, Bahia, Coritiba e Santos, formaram um grupo chamado G4 para negociar em conjunto a TV Aberta e o pay-per-view com a Globo. O blog confirmou com três fontes envolvidas com o caso que há um contrato assinado entre as partes que estabelecia uma multa para quem fizesse acordo em separado com a emissora carioca.

Mas houve uma mudança de gestão no Santos com a eleição de José Carlos Peres no lugar de Modesto Roma, que tinha assinado o compromisso. Assim, em março de 2018, a nova diretoria santista assinou um contrato com a Globo pela TV Aberta e o PV, inclusive com um redutor sobre parte dos jogos por ser parceiro da Turner. Athletico-PR e Coritiba, fechou com a emissora. Agora, o Bahia também fechou com a Globo, segundo apurou o blog. Isso também enfraquece o grupo.

Fato é que o Athletico-PR notificou a Turner e o Santos sobre o desrespeito. E reivindica o total da multa que é de R$ 104 milhões, R$ 17,5 milhões por ano durante seis temporadas que duram o compromisso com a Turner. A intenção é que o montante devido pela emissora ao time santista seja retido em juízo.

No Santos, há um entendimento que haverá uma disputa em torno do tema e um otimismo porque a Turner se manifestou ao clube contra a cobrança da multa. Além disso, o clube avalia que tem bons argumentos para alegar que o G4 nunca entrou em prática porque não teve reuniões. Mas dirigentes santistas sabem que há uma risco e a possibilidade uma disputa em Comitê de Arbitragem.

Oficialmente, o Santos afirmou por meio de assessoria: ''Não fomos citados de nada ainda, além da então notificação'', informou, sobre a primeira notificação do Athletico-PR.

O clube paranaense não fala oficialmente do assunto. Mas o Athletico-PR não está perto de fazer acordo com a Globo, o que reforça sua posição de cobrar o Santos. Os paranaenses pretendem levar o caso para a arbitragem se a cota santista não for bloqueada.

Por meio de sua assessoria, a Turner não quis comentar o assunto: ''Em respeito aos clubes e às cláusulas de confidencialidade, a Turner não comenta contratos”.

PS Foi feita uma correção no texto inicial porque o Bahia também fechou com a Globo para o Brasileiro-2019.