Topo
Blog do Rodrigo Mattos

Blog do Rodrigo Mattos

Categorias

Histórico

Patrocínio e erro em inscrição: Multas da Conmebol a times somam R$ 1,5 mi

rodrigomattos

07/03/2019 04h00

Imagem: NORBERTO DUARTE/AFP

Em pouco mais de um mês de competições, o tribunal disciplinar da Conmebol já deu um total de 38 multas a jogadores e clubes da Libertadores e Sul-Americana em 2019. As punições foram diversas seja por patrocínio irregular, seja por inscrições de atletas fora do prazo. No total, foram cobrados US$ 382 mil (R$ 1,47 milhão) pelas sanções.

VEJA TAMBÉM:

Libertadores gourmet? Torneio tenta se aproximar do padrão Champions League

Há uma determinação da confederação sul-americana em 2019 de aumentar a severidade com os clubes e jogadores. O objetivo é garantir o cumprimento estrito dos regulamentos, do código disciplinar e de manual de operações dos campeonatos.

Essas medidas fazem parte da estratégia da Conmebol para valorizar suas competições. Para isso, quer reduzir a violência em campos e evitar a visão de bagunça em relação aos seus campeonatos. Ressalte-se que a confederação apenas envia os casos para o tribunal que decide por punições de forma independente.

Apesar da intenção da confederação, o caso que rendeu o maior volume de multas foi justamente aquele que prejudicou a imagem de organização. Foi constatado que havia problemas nas inscrições de jogadores de 21 clubes, já que as federações nacionais do Brasil, Paraguai, Chile e Venezuela não cumpriram uma etapa na regularização dos atletas.

Isso gerou uma multa de US$ 15 mil (R$ 58 mil) para cada clube ainda que eles não tivessem cometido nenhum erro. Pelo regulamento da Libertadores e da Sul-Americana, é o time o responsável por garantir que tudo esteja tudo regular, mesmo que certas etapas sejam funções das federações nacionais. Como foram 21 clubes, as multas atingiram US$ 315 mil só neste caso.

Entre os brasileiros, Atlético-MG, São Paulo, Bahia, Chapecoense, Corinthians, Fluminense e Santos foram punidos. A CBF aceitou pagar a multa, segundo a diretoria do Galo.

O time mineiro foi multado uma outra vez, em US$ 5 mil, por patrocínio em posição irregular nos jogos das fases iniciais da Libertadores. Isso porque o regulamento da competição determina um espaço de 7cm da publicidade na camisa em relação ao patch (símbolo) da competição marcado na manga do uniforme. O mesmo vale para outro patch, na outra manga, usado por campeões.

Já o Universidad do Chile foi punido com US$ 5 mil, por comportamento inapropriado de seus torcedores na partida diante do Melgar. Pelo código disciplinar, o clube é responsável pelos seus aficcionados e por isso foi enquadrado em artigo que trata do lançamento de objetos ao campo, sinalizadores e gritos ou gestos ofensivos, o que inclui desde racismo à homofobia.

Há outras punições por descumprimento do manual de operações da Conmebol para jogos, que inclui uma série de medidas de marketing e de segurança, além de punições por indisciplina de jogadores.

Sobre o Autor

Nascido no Rio de Janeiro, em 1977, Rodrigo Mattos estudou jornalismo na UFRJ e Iniciou a carreira na sucursal carioca de “O Estado de S. Paulo” em 1999, já como repórter de Esporte. De lá, foi em 2001 para o diário Lance!, onde atuou como repórter e editor da coluna De Prima. Mudou-se para São Paulo para trabalhar na Folha de S. Paulo, de 2005 a 2012, ano em que se transferiu para o UOL. Juntamente com equipe da Folha, ganhou o Grande Prêmio Esso de Jornalismo 2012 e o Prêmio Embratel de Reportagem Esportiva 2012. Cobriu quatro Copas do Mundo e duas Olimpíadas.

Sobre o Blog

O objetivo desse blog é buscar informações exclusivas sobre clubes de futebol, Copa do Mundo e Olimpíada. Assim, pretende-se traçar um painel para além da história oficial de como é dirigido o esporte no Brasil e no mundo. Também se procurará trazer a esse espaço um olhar peculiar sobre personagens esportivas nacionais.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Blog do Rodrigo Mattos