Topo
Blog do Rodrigo Mattos

Blog do Rodrigo Mattos

Categorias

Histórico

Para cúpula da Copa América, saída de Neymar afasta noticiário negativo

rodrigomattos

2011-06-20T19:04:00

11/06/2019 04h00

A Conmebol e a organização da Copa América costumam fazer pressão sobre as federações nacionais para que todas as principais estrelas das seleções estejam no torneio. A saída de Neymar, por corte por contusão, não foi lamentada na cúpula do comitê do torneio. A avaliação entre dirigentes é de que a lesão livra a competição do envolvimento no noticiário negativo relacionado à acusação de estupro sofrida pelo jogador brasileiro.

A acusação da modelo Najila Trindade foi revelada em 1º de junho pelo UOL. A notícia causou preocupação entre dirigentes da CBF e da Conmebol que estavam em Paris onde era realizado o Congresso da Fifa. Inicialmente, a confederação descartou o corte do jogador pela acusação.

Mas a cúpula da confederação avaliava que o agravamento do caso poderia levar ao corte do jogador ainda que publicamente a entidade mostrasse apoio a ele. Ao mesmo tempo, havia uma preocupação no Comitê Organizador da Copa América de o noticiário envolvendo o atacante do PSG contaminar a competição. Isso chegou a ser discutido em Paris entre dirigentes da Conmebol.

De fato, até o meio da semana passada, a maioria das notícias sobre a preparação do torneio era relacionada à acusação contra Neymar. A preparação da seleção brasileira e a chegada de um craque como Messi ficaram em segundo plano. No amistoso contra o Qatar, na quarta-feira, Neymar se contundiu e foi cortado em seguida.

O Conselho da Conmebol não voltou a se reunir depois disso e portanto o assunto não foi discutido entre todos os dirigentes. Mas, no Comitê Organizador da Copa América, a sensação é de que a contusão do atacante do time francês afastou o problema da competição. Por isso, não lamenta a saída de um das principais estrelas, ao lado de Messi e Suárez.

Isso é um fato inédito na principal competição sul-americana. Empresas que compravam os direitos da Copa América como a Traffic chegavam a botar nos contratos com a Conmebol que as seleções eram obrigadas a usar seus times principais. Para o atual torneio, a confederação sul-americana incluiu no regulamento que comissões técnicas estavam proibidos a dizer que usavam time B na competição.

Para além do caso Neymar, a Copa América ainda não pegou no país porque emissoras ainda estão concentradas em campeonatos em andamento como o Brasileiro e a Copa do Mundo Feminina. Mas a venda de ingressos é considerada positiva pelo comitê organizador da competição. Foi vendido completamente todos os ingressos posto em comercialização dos jogos do Brasil, e de seu provável caminho na competição. Partidas envolvendo as seleções de Argentina, Peru e Colômbia também tiveram venda praticamente esgotada do ingressos disponibilizados.

Há vendas mais fracas para jogos de Japão, Qatar, e de seleções como Venezuela e Bolívia.

Sobre o Autor

Nascido no Rio de Janeiro, em 1977, Rodrigo Mattos estudou jornalismo na UFRJ e Iniciou a carreira na sucursal carioca de “O Estado de S. Paulo” em 1999, já como repórter de Esporte. De lá, foi em 2001 para o diário Lance!, onde atuou como repórter e editor da coluna De Prima. Mudou-se para São Paulo para trabalhar na Folha de S. Paulo, de 2005 a 2012, ano em que se transferiu para o UOL. Juntamente com equipe da Folha, ganhou o Grande Prêmio Esso de Jornalismo 2012 e o Prêmio Embratel de Reportagem Esportiva 2012. Cobriu quatro Copas do Mundo e duas Olimpíadas.

Sobre o Blog

O objetivo desse blog é buscar informações exclusivas sobre clubes de futebol, Copa do Mundo e Olimpíada. Assim, pretende-se traçar um painel para além da história oficial de como é dirigido o esporte no Brasil e no mundo. Também se procurará trazer a esse espaço um olhar peculiar sobre personagens esportivas nacionais.

Mais Blog do Rodrigo Mattos