Topo
Blog do Rodrigo Mattos

Blog do Rodrigo Mattos

Categorias

Histórico

Conmebol irrita-se com carta de acusação da Argentina, mas segue calada

rodrigomattos

05/07/2019 04h00

A diretoria da Conmebol ficou bastante irritada com a carta da AFA (Associação de Futebol Argentina) em que faz acusações de arbitragem parcial na Copa América e na Libertadores contra argentinos. Não haverá uma resposta por enquanto com o objetivo de não tirar o foco da final da competição. Mas a carta argentina provoca estremecimento na relação.

Nesta quarta-feira, a AFA decidiu soltar a carta de ataque à Conmebol por supostos erros de arbitragem no jogo entre Brasil x Argentina, na semifinal da Copa América. Há a alegação de que houve dois pênaltis não marcados para a Argentina, em Aguero e Otamendi. Em entrevista após o jogo, Messi disse que o Brasil "controla tudo" na confederação sul-americana.

O presidente da AFA, Claudio Tapia, é 2o vice-presidente da Conmebol e há forte presença argentina na cúpula da entidade. Antes da carta, a confederação sul-americana esperava uma discussão interna sobre o assunto para entender a insatisfação argentina.

Mas a AFA decidiu voltar suas baterias publicamente contra o presidente Alejandro Dominguez e o chefe da comissão de arbitragem Wilson Seneme. Brasileiro, Seneme foi acusado de "manejos irregulares" nas escalações de árbitros. Houve ainda críticas à organização e logística da Copa América.

A cúpula da Conmebol viu as críticas como injustas. Há a lembrança de que a AFA não reclamou formalmente da organização da Copa América em nenhum momento, assim como outras federações nacionais. Houve, no entanto, diversos protestos contra qualidade de gramado e hotéis, entre outros itens. Por enquanto, não é cogitada a saída de Wilson Seneme, cujo trabalho é bem avaliado na Conmebol até o momento.

Oficialmente, o diretor de competições da Conmebol, Hugo Figueredo, disse que a reclamação da AFA será tratada pela presidência da Conmebol. E defendeu o uso do VAR na Copa América como positivo:

"Primeira, o VAR é uma ferramenta que está a disposição do árbitro para melhorar o seu desempenho Ferramenta em um balanço geral temos mais partes positivas do que críticas", disse Figueredo. "Se discutirmos os critérios, vamos passar mais de 15 minutos."

Entre os organizadores da Copa América, a carta da AFA também foi considerada violenta. A CBF tem adotado a postura de esperar o caso esfriar para manter a relação institucional com os argentinos.

Sobre o Autor

Nascido no Rio de Janeiro, em 1977, Rodrigo Mattos estudou jornalismo na UFRJ e Iniciou a carreira na sucursal carioca de “O Estado de S. Paulo” em 1999, já como repórter de Esporte. De lá, foi em 2001 para o diário Lance!, onde atuou como repórter e editor da coluna De Prima. Mudou-se para São Paulo para trabalhar na Folha de S. Paulo, de 2005 a 2012, ano em que se transferiu para o UOL. Juntamente com equipe da Folha, ganhou o Grande Prêmio Esso de Jornalismo 2012 e o Prêmio Embratel de Reportagem Esportiva 2012. Cobriu quatro Copas do Mundo e duas Olimpíadas.

Sobre o Blog

O objetivo desse blog é buscar informações exclusivas sobre clubes de futebol, Copa do Mundo e Olimpíada. Assim, pretende-se traçar um painel para além da história oficial de como é dirigido o esporte no Brasil e no mundo. Também se procurará trazer a esse espaço um olhar peculiar sobre personagens esportivas nacionais.

Mais Blog do Rodrigo Mattos