Topo
Blog do Rodrigo Mattos

Blog do Rodrigo Mattos

Categorias

Histórico

VAR corrige quase cinco erros graves por rodada do Brasileiro, diz CBF

rodrigomattos

13/07/2019 04h00

Em sua primeira avaliação do VAR, a CBF apresentou dados que mostram que o árbitro do vídeo corrige 4,7 erros em lances capitais por rodada do Brasileiro. As falhas mais corrigidas são marcação de pênaltis ignorados pelo árbitro de campo e validar gols em que o auxiliar dera impedimento. Há um impacto na redução dos erros relevantes maior do que o visto na Copa do Mundo, segundo o chefe da arbitragem, Leonardo Gaciba.

Nas nove primeiras rodadas do Brasileiro, foram feitas 51 revisões de lances nos 89 jogos. Desse total, houve modificação da decisão do árbitro de campo em 42 vezes. Ou seja, o árbitro mudou sua decisão em 82% das vezes em que foi conferir o vídeo.

"Não há um padrão definido, mas acho que está na medida certa", avaliou Gaciba sobre o número de intervenções. Foram 472 checagens no total, sendo que a minoria leva à revisão pelo árbitro de campo. A recém-encerrada Copa América teve quase uma intervenção por jogo na primeira fase, de acordo com a Conmebol.

Segundo a CBF, com o uso do VAR, houve um total de 97,1% de acerto em lances capitais, pênaltis, impedimentos e expulsões – que são aqueles passíveis de intervenção pelo VAR. Anteriormente, o nível de acerto era de 73,8.

Por esses números, o impacto do árbitro de vídeo no Brasileiro é bastante significativo em comparação com a Copa do Mundo. No Mundial da Rússia, a Fifa apontou que houve um aumento de acerto em lances capitais de 93% para 98%.

"A qualificação dos árbitros da fifa de copa do mundo é maior. Portanto erram menos. Para nós a ajuda é mais significativa", analisou Gaciba.

Entre os erros mais corrigidos, estão pênaltis marcados após a intervenção do VAR (11 vezes) e impedimentos errados que foram anulados para validar os gols (11). Houve ainda 6 pênaltis desmarcados após revisão e cinco cartões vermelhos dados após o vídeo. Veja abaixo no quadro da CBF o total de revisões por lances:

Sobre o Autor

Nascido no Rio de Janeiro, em 1977, Rodrigo Mattos estudou jornalismo na UFRJ e Iniciou a carreira na sucursal carioca de “O Estado de S. Paulo” em 1999, já como repórter de Esporte. De lá, foi em 2001 para o diário Lance!, onde atuou como repórter e editor da coluna De Prima. Mudou-se para São Paulo para trabalhar na Folha de S. Paulo, de 2005 a 2012, ano em que se transferiu para o UOL. Juntamente com equipe da Folha, ganhou o Grande Prêmio Esso de Jornalismo 2012 e o Prêmio Embratel de Reportagem Esportiva 2012. Cobriu quatro Copas do Mundo e duas Olimpíadas.

Sobre o Blog

O objetivo desse blog é buscar informações exclusivas sobre clubes de futebol, Copa do Mundo e Olimpíada. Assim, pretende-se traçar um painel para além da história oficial de como é dirigido o esporte no Brasil e no mundo. Também se procurará trazer a esse espaço um olhar peculiar sobre personagens esportivas nacionais.

Mais Blog do Rodrigo Mattos