Topo
Blog do Rodrigo Mattos

Blog do Rodrigo Mattos

Categorias

Histórico

Eliminado, Flamengo não atinge meta financeira na Copa do Brasil

rodrigomattos

21/07/2019 04h00

Na revisão de seu orçamento para 2019, o Flamengo subiu a expectativa de resultados de todas as competições, estimando receitas superiores aos números originais. No caso da Copa do Brasil, foi previsto que o time chegasse até a semifinal. Eliminado nas quartas, o clube deixou de ganhar R$ 6,7 milhões previstos no orçamento.

Esse é o valor da cota para os semifinalistas da Copa do Brasil. Teoricamente, o Flamengo tem que compensar essa perda de receita com aumento em outro item, seja patrocínio, bilheteria, TV, etc.

A diretoria não vê como um grande problema porque havia a previsão de que metade desse valor aproximadamente seria usado para premiação dos jogadores. Houve uma política de aumento de premiações para atletas no caso de conquistas para atrair jogadores.

Assim, o buraco real no orçamento rubro-negro a ser coberto gira entre R$ 3 milhões e R$ 4 milhões.

Até agora, na temporada, o Flamengo tinha atingido sua meta de ser campeão carioca, prevista no orçamento. Há ainda previsão de chegar ao menos à semifinal da Libertadores e acabar ao menos em terceiro do Brasileiro (posição atual). Se ganhar o Nacional, o time compensa a perda financeira com a Copa do Brasil.

Sobre o Autor

Nascido no Rio de Janeiro, em 1977, Rodrigo Mattos estudou jornalismo na UFRJ e Iniciou a carreira na sucursal carioca de “O Estado de S. Paulo” em 1999, já como repórter de Esporte. De lá, foi em 2001 para o diário Lance!, onde atuou como repórter e editor da coluna De Prima. Mudou-se para São Paulo para trabalhar na Folha de S. Paulo, de 2005 a 2012, ano em que se transferiu para o UOL. Juntamente com equipe da Folha, ganhou o Grande Prêmio Esso de Jornalismo 2012 e o Prêmio Embratel de Reportagem Esportiva 2012. Cobriu quatro Copas do Mundo e duas Olimpíadas.

Sobre o Blog

O objetivo desse blog é buscar informações exclusivas sobre clubes de futebol, Copa do Mundo e Olimpíada. Assim, pretende-se traçar um painel para além da história oficial de como é dirigido o esporte no Brasil e no mundo. Também se procurará trazer a esse espaço um olhar peculiar sobre personagens esportivas nacionais.

Mais Blog do Rodrigo Mattos