Topo
Blog do Rodrigo Mattos

Blog do Rodrigo Mattos

Categorias

Histórico

Com VAR, Libertadores tem explosão de pênaltis para times mandantes

rodrigomattos

02/08/2019 04h00

A Libertadores  teve uma explosão de marcação de pênaltis principalmente para times mandantes nas oitavas de final, justamente a etapa do torneio que conta com o VAR para auxiliar os árbitros. É o que mostra um levantamento feito pelo blog na marcação das penalidades.

Na rodada desta semana, houve duas penalidades contestadas para Palmeiras e Flamengo, no Allinz Parque e no Maracanã (ambas não existiram para o blog). Mas essas não foram as únicas marcações para clubes mandantes, nem só times brasileiros tiveram penais assinalados a favor.

Nos 16 jogos das oitavas, foram oito pênaltis, o que dá uma média de 0,5 por partida. Dessas penalidades, foram apitadas seis faltas na área para times mandantes. Ou seja, foram 75% delas para os donos da casa.

Em comparação, sem o uso do VAR, a fase de grupos e as eliminatórias da pre-Libertadores tiveram 32 pênaltis em 126 partidas. Ou seja, a média foi de 0,25 pênalti por partida, metade das oitavas. E, no total, foram 19 penalidades para os mandantes, isto é, um percentual de 59%. Foram 13 pênaltis para times visitantes.

Esses números, claro, não são definitivos já que a amostragem das oitavas foi feita com 16 jogos, um número que ainda não é significativos. Mas é um primeiro indicativo de tendência porque temos a primeira  vez que essa fase da Libertadores tem VAR, e portanto que temos mais jogos para observar.

O aumento do número de pênaltis em competições com o árbitro de vídeo é um fenômeno observado desde a Copa-2018. O mesmo ocorreu na Copa do Mundo-2018 e na Copa América. Também é comum que mandantes tenham mais pênaltis já que atacam mais em seus campo, a questão é a disparidade vista nas oitavas da Libertadores.

Questionado sobre os critérios para uso do VAR, o presidente da comissão de arbitragem da Conmebol, Wilson Seneme, informou: "Nenhuma mudança nos critérios, tudo como copa América". Não respondeu outras perguntas sobre a avaliação do desempenho da arbitragem na Libertadores.

Na Copa América, o uso do árbitro de vídeo foi bastante contestado pela AFA (Associação Argentina de Futebol) que reclamou de favorecimento para o Brasil. A Conmebol rechaçou as acusações e seu Conselho excluiu o presidente da associação argentina da Fifa. Messi ainda respondeu a processo disciplinar pelas acusações.

PS Esse texto foi corrigido já que originalmente informava que tinham sido sete pênaltis nas oitavas de final da Libertadores, e o número correto é oito.

Sobre o Autor

Nascido no Rio de Janeiro, em 1977, Rodrigo Mattos estudou jornalismo na UFRJ e Iniciou a carreira na sucursal carioca de “O Estado de S. Paulo” em 1999, já como repórter de Esporte. De lá, foi em 2001 para o diário Lance!, onde atuou como repórter e editor da coluna De Prima. Mudou-se para São Paulo para trabalhar na Folha de S. Paulo, de 2005 a 2012, ano em que se transferiu para o UOL. Juntamente com equipe da Folha, ganhou o Grande Prêmio Esso de Jornalismo 2012 e o Prêmio Embratel de Reportagem Esportiva 2012. Cobriu quatro Copas do Mundo e duas Olimpíadas.

Sobre o Blog

O objetivo desse blog é buscar informações exclusivas sobre clubes de futebol, Copa do Mundo e Olimpíada. Assim, pretende-se traçar um painel para além da história oficial de como é dirigido o esporte no Brasil e no mundo. Também se procurará trazer a esse espaço um olhar peculiar sobre personagens esportivas nacionais.

Mais Blog do Rodrigo Mattos