Topo
Blog do Rodrigo Mattos

Blog do Rodrigo Mattos

Categorias

Histórico

Globo estenderá exibição nacional a jogos decisivos da Libertadores

rodrigomattos

21/08/2019 04h00

A Globo está satisfeita com a estratégia de transmissão de jogos decisivos da Copa do Brasil para o país inteiro mesmo com times de fora do eixo Rio-São-Paulo. Com isso, a intenção é estender esse plano para partidas decisivas da Libertadores independentemente dos times brasileiros que se classificarem, ou seja, mesmo se houver um Gre-Nal. O futebol tem dado resultados positivos de audiência.

Historicamente, a Globo sempre foi cautelosa em transmitir jogos de times de fora de Rio e São Paulo para todo país mesmo em decisões. Já deixou de passar jogos de decisões de Libertadores e de Copa do Brasil nessas situações. Isso começou a mudar em 2017 com o Grêmio na final da Libertadores.

Mas, neste ano, a emissora decidiu avançar e passou semifinais do mata-mata do torneio brasileiro, entre Internacional x Cruzeiro e entre Grêmio e Athletico-PR. Abriu mão de um jogo do Corinthians que ocorreu no mesmo dia e não foi mudado de horário. E foi a Globo que impediu o Inter de antecipar a segunda partida da semifinal para o dia 3 porque queria inclui-la na TV Aberta na quarta-feira, dia 4, além de passar uma rodada dupla.

O mesmo plano está traçado para a Libertadores. Com quatro brasileiros em duas chaves, Flamengo, Internacional, Palmeiras e Grêmio, a emissora já planeja transmitir as semifinais nacionalmente. Na hipótese de os times do Rio e de São Paulo serem eliminados, o clássico Gre-Nal é visto como um jogo de bastante apelo.

A estratégia da Globo não deve se estender a jogos do Brasileiro pelo menos por enquanto mesmo no caso das decisivas. Isso porque, no caso do Nacional, sempre há partidas dos times das praças, no caso de Rio e São Paulo, disponíveis na rodada para transmissão.

 

Sobre o Autor

Nascido no Rio de Janeiro, em 1977, Rodrigo Mattos estudou jornalismo na UFRJ e Iniciou a carreira na sucursal carioca de “O Estado de S. Paulo” em 1999, já como repórter de Esporte. De lá, foi em 2001 para o diário Lance!, onde atuou como repórter e editor da coluna De Prima. Mudou-se para São Paulo para trabalhar na Folha de S. Paulo, de 2005 a 2012, ano em que se transferiu para o UOL. Juntamente com equipe da Folha, ganhou o Grande Prêmio Esso de Jornalismo 2012 e o Prêmio Embratel de Reportagem Esportiva 2012. Cobriu quatro Copas do Mundo e duas Olimpíadas.

Sobre o Blog

O objetivo desse blog é buscar informações exclusivas sobre clubes de futebol, Copa do Mundo e Olimpíada. Assim, pretende-se traçar um painel para além da história oficial de como é dirigido o esporte no Brasil e no mundo. Também se procurará trazer a esse espaço um olhar peculiar sobre personagens esportivas nacionais.

Mais Blog do Rodrigo Mattos