Topo
Blog do Rodrigo Mattos

Blog do Rodrigo Mattos

Categorias

Histórico

São Paulo e Rio querem Estaduais com 18 datas e ignoram redução da CBF

rodrigomattos

05/09/2019 04h00

A CBF organizou o calendário do futebol brasileiro para 2020 com corte de duas datas dos Estaduais que passariam a ter 16 datas. Mas as federações do Rio de Janeiro e de São Paulo trabalham para terem suas competições com as mesmas 18 datas deste ano. A intenção é aproveitar brechas do cronograma de jogos, a questão é se a CBF fará algo.

"A intenção é manter o campeonato como está", afirmou o presidente da Federação Paulista de Futebol, Reinaldo Carneiro Bastos. "Vamos ver como sai o calendário da CBF. Se tiver que fazer, vamos respeitar as 16 datas. Mas temos que ver se vamos ter times do Estado na pré-libertadores."

Assim, Carneiro já indica que pode usar as datas da pré-libertadores para colocar partidas do paulista e completar as 18 datas. Isso depende, obviamente, da aprovação do Conselho Técnico dos clubes da primeira divisão do paulista.

A Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj) também explora espaços no calendário. Mas admite uma mudança de fórmula do campeonato nas semifinais.

"Podemos usar datas FIFA desde que não prejudique nossos times. Não temos intenção de prejudicá-los", afirmou o presidente da Ferj, Rubens Lopes.

Poderiam ser jogos deslocados de outras rodadas ou rodadas sem a presença de grandes.  Haverá discussões sobre a fórmula no conselho técnico quando os clubes poderão decidir.

"Podemos suprimir a semifinal do estadual ou então as duas semifinais dos turnos. Vamos ver com os clubes", completou Lopes. O Flamengo já sugeriu a extinção das semifinais de turno.

A importância de manter as 18 datas para as federações é que, em caso de redução, a Globo pode pedir queda no valor da receita. Lopes garantiu que isso não vai acontecer porque haverá 18 datas.

Questionado, o secretário-geral da CBF, Walter Feldman, afirmou que a redução dos Estaduais foi negociada, mas não cravou que era impositivo. Já o diretor de competições da CBF, Manoel Flores, disse que preferia esperar o anúncio definitivo do calendário.

O blog apurou com outras federações que, embora exista a redução dos Estaduais, ficou acertado que haveria tolerância com as federações usarem brechas do calendários. Outras federações falam em manter 18 datas.

 

Sobre o Autor

Nascido no Rio de Janeiro, em 1977, Rodrigo Mattos estudou jornalismo na UFRJ e Iniciou a carreira na sucursal carioca de “O Estado de S. Paulo” em 1999, já como repórter de Esporte. De lá, foi em 2001 para o diário Lance!, onde atuou como repórter e editor da coluna De Prima. Mudou-se para São Paulo para trabalhar na Folha de S. Paulo, de 2005 a 2012, ano em que se transferiu para o UOL. Juntamente com equipe da Folha, ganhou o Grande Prêmio Esso de Jornalismo 2012 e o Prêmio Embratel de Reportagem Esportiva 2012. Cobriu quatro Copas do Mundo e duas Olimpíadas.

Sobre o Blog

O objetivo desse blog é buscar informações exclusivas sobre clubes de futebol, Copa do Mundo e Olimpíada. Assim, pretende-se traçar um painel para além da história oficial de como é dirigido o esporte no Brasil e no mundo. Também se procurará trazer a esse espaço um olhar peculiar sobre personagens esportivas nacionais.

Mais Blog do Rodrigo Mattos