Topo
Blog do Rodrigo Mattos

Blog do Rodrigo Mattos

Categorias

Histórico

Brasil gera R$ 560 mi para Libertadores. Veja quanto cada TV pagou

rodrigomattos

01/10/2019 04h00

A venda de direitos da Libertadores confirmou o Brasil como principal fonte de renda para a Conmebol. No total, foram pagos (US$ 135 milhões) R$ 560 milhões pelos direitos de transmissão no país, segundo apurou o blog. Houve um significativo salto em relação ao que era arrecadado até 2018 quando não havia concorrência.

Ao reformular a Libertadores, a Conmebol adotou duas estratégias: aumentar o número de times brasileiros para agradar ao seu mercado e realizar a venda de direitos de televisão fatiados. Assim, houve uma concorrência pelos direitos de transmissão no país.

O resultado da concorrência: Fox ficou com o principal pacote de TV Fechada, pagando US$ 50 milhões. A Globo arrematou a TV Aberta e o segundo pacote de TV Fechada por um total de US$ 65 milhões. Em seguida, o Facebook pagou US$ 20 milhões pelos jogos de quinta-feira da competição.

No caso do gigante de redes sociais, o contrato total é de mais ou menos o triplo deste valor porque abrange os direitos de TV Aberta dos outros países fora do Brasil. A fatia brasileira é esta de fatia de US$ 20 milhões.

Para se ter uma ideia da força do mercado brasileiro, o grupo IMG-Perform garantiu o pagamento à Conmebol de US$ 1,4 bilhão por quatro anos dos direitos totais da Libertadores, isto é, US$ 350 milhões por ano. Foram eles que negociaram os direitos com as emissoras nacionais. Ou seja, só no Brasil arrecadaram 39% do que esperavam para cobrir o custo do investimento. Era aproximadamente a fatia esperada.

A concorrência entre os diversos veículos em pacotes diferentes provocou um salto no valor da Libertadores no Brasil. A Globo tinha assinado um contrato anterior com a T&T (Torneos  & Traffic Sports) pelo qual pagava US$ 12,8 milhões pelos direitos da competição por ano entre 2015-2018.

Após o escândalo de corrupção do caso Fifa, o acordo da Globo teve que ser refeito com a Fox, mas o reajuste estimado era de apenas 30%. Com a concorrência, a emissora carioca teve de pagar 5 vezes mais do que investia antes na Libertadores.

Com esse valor de R$ 560 milhões, a competição sul-americana se torna a segunda mais valiosa no país em direitos, ultrapassando a Copa do Brasil que tem valor de R$ 340 milhões.

Sobre o Autor

Nascido no Rio de Janeiro, em 1977, Rodrigo Mattos estudou jornalismo na UFRJ e Iniciou a carreira na sucursal carioca de “O Estado de S. Paulo” em 1999, já como repórter de Esporte. De lá, foi em 2001 para o diário Lance!, onde atuou como repórter e editor da coluna De Prima. Mudou-se para São Paulo para trabalhar na Folha de S. Paulo, de 2005 a 2012, ano em que se transferiu para o UOL. Juntamente com equipe da Folha, ganhou o Grande Prêmio Esso de Jornalismo 2012 e o Prêmio Embratel de Reportagem Esportiva 2012. Cobriu quatro Copas do Mundo e duas Olimpíadas.

Sobre o Blog

O objetivo desse blog é buscar informações exclusivas sobre clubes de futebol, Copa do Mundo e Olimpíada. Assim, pretende-se traçar um painel para além da história oficial de como é dirigido o esporte no Brasil e no mundo. Também se procurará trazer a esse espaço um olhar peculiar sobre personagens esportivas nacionais.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Blog do Rodrigo Mattos