Topo
Blog do Rodrigo Mattos

Blog do Rodrigo Mattos

Categorias

Histórico

Times da Série A tem série de invasões a CT e protestos agressivos sem pena

rodrigomattos

03/10/2019 04h00

Os últimos dias foram marcados por invasões de treinamento por torcedores no Fluminense, no Cruzeiro e no Botafogo. Não são exceções: a maioria dos clubes da Série A teve protestos de torcedores. Entre essas, foram pelo menos seis manifestações agressivas aos jogadores em não houve nenhuma consequência ou punição, nem há perspectiva de ocorrer nada.

Essa realidade mostra um futebol brasileiro em eterna crise e com jogadores ameaçados até em equipes como Flamengo e Palmeiras que disputam o título do Brasileiro. Ambas já sofreram ataques de suas torcidas durante a temporada. No caso rubro-negro, houve uma pressão sobre jogadores, principalmente o meia Diego, em embarque no aeroporto em julho, e, no palmeirense, um ataque ao ônibus da equipe com pedras em abril.

Houve ainda uma invasão do estádio da Ressacada pela torcida do Avaí em agosto, após arrombamento, em que os torcedores chegaram ao local onde os jogadores se preparavam.

Na onda mais recente, o Fluminense teve o muro de seu CT derrubado e os torcedores cercaram jogadores dentro do local. No Cruzeiro, uma organizada também abriu o portão e entrou no campo para pressionar os jogadores. E, por fim, os torcedores do Botafogo, nesta quarta-feira, entraram no campo anexo do Engenhão.

"Falando francamente, nunca vi acontecer nada por causa disso. Fizemos denúncias contra o Ministério Público em vários outros casos e nunca foi à frente", contou o presidente da Federação Nacional de Atletas Profissionais, Felipe Leite, que estava em viagem ao exterior. "Quando houve agressões de torcedores a jogadores do CRB, no ano passado, o sindicato de Alagoas denunciou, ofereceu para os jogadores rescindirem, mas ele pediram para parar a ação."

Até agora a diretoria do Fluminense foi quem soltou nota oficial condenando a invasão e a depredação do patrimônio. Já o técnico Abel Braga, do Cruzeiro, minimizou a entrada de torcedores no CT atribuindo à paixão, e o clube não vai fazer nada para punir os torcedores. Nos casos de Palmeiras e Flamengo, não há notícia de punição aos torcedores ou abertura de inquérito policial, nem de atuação das diretorias para sanciona-los.

Há uma discussão se os protestos agressivos podem gerar rescisões contratuais. Em Portugal, boa parte do elenco do Sporting conseguiu romper com o clube após agressão coletiva no vestiário do time. Mas, no Brasil, não há casos de jogadores que tenham feito pedido similar.

"Há sempre uma linha tênue entre o que pode ser considerado na Justiça de trabalho", contou o advogado Eduardo Carlezzo, que atua no meio esportivo. "Os clubes são responsáveis? Eles têm que dar segurança aos atletas. Mas, se não há um alvo só de jogador, iria dar uma rescisão coletiva para o time inteiro?" Ele ressaltou que isso teria de ser testado na Justiça do Trabalho, mas vê como um cenário improvável que a Justiça conceda a rescisão coletiva.

Em resumo, os clubes são omissos, os jogadores nada fazem para exigir punições ou para rescindir com os times, os torcedores não enfrentam acusações por invasão ou agressão.

Além dos protestos com intimidações, houve outros nove clubes em que houve manifestações pacíficas. Foram os casos de São Paulo, Corinthians, Santos, Internacional, Atlético-MG, Goiás, Vasco, Chapecoense e CSA. Neste último caso, os torcedores também entraram no CT para falar com o técnico Argel Fucks.

 

 

 

Sobre o Autor

Nascido no Rio de Janeiro, em 1977, Rodrigo Mattos estudou jornalismo na UFRJ e Iniciou a carreira na sucursal carioca de “O Estado de S. Paulo” em 1999, já como repórter de Esporte. De lá, foi em 2001 para o diário Lance!, onde atuou como repórter e editor da coluna De Prima. Mudou-se para São Paulo para trabalhar na Folha de S. Paulo, de 2005 a 2012, ano em que se transferiu para o UOL. Juntamente com equipe da Folha, ganhou o Grande Prêmio Esso de Jornalismo 2012 e o Prêmio Embratel de Reportagem Esportiva 2012. Cobriu quatro Copas do Mundo e duas Olimpíadas.

Sobre o Blog

O objetivo desse blog é buscar informações exclusivas sobre clubes de futebol, Copa do Mundo e Olimpíada. Assim, pretende-se traçar um painel para além da história oficial de como é dirigido o esporte no Brasil e no mundo. Também se procurará trazer a esse espaço um olhar peculiar sobre personagens esportivas nacionais.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Blog do Rodrigo Mattos