Topo
Blog do Rodrigo Mattos

Blog do Rodrigo Mattos

Categorias

Histórico

CBF prejudica clubes em 19 datas no calendário de 2020

rodrigomattos

04/10/2019 04h00

Ao se observar o calendário da CBF para 2020, há uma semana surreal em novembro: na terça-feira, eliminatórias da Copa; na quarta-feira, rodada do Brasileiro da Série A; no sábado, final da Libertadores; no domingo, rodada do Brasileiro. É óbvio que a confederação fará adaptações nesta tabela por jogadores convocados e por times finalista da competição continental. Mas o cronograma mostra a irracionalidade do cronograma de jogos desenhado pela entidade.

Um levantamento do blog mostra que os clubes correm o risco de ter desfalques ou atletas desgastados em até 18 datas de jogos na próxima temporada. Isso inclui mais de 10 rodadas do Brasileiro, Copa do Brasil, Libertadores.

Primeiro, há uma data-Fifa em junho, um dia antes de uma rodada do Brasileiro. Na sequência, dois dias depois, começa a Copa América que se desenrola em nove partidas do Nacional. Ou seja, haverá desfalques certos em nove rodadas da Série A, e provavelmente nesta partida extra antes da competição continental. Já são dez rodadas.

A CBF prometeu preservar as datas-Fifa de jogos de clubes. Mas há outras três rodadas do Brasileiro no dia seguinte a partidas de eliminatórias da Copa – além disso, há um jogo de Estadual após outro classificatório. A diretoria da confederação promete adaptações ao realocar os jogos do Nacional do time que tiver convocado para quinta-feira. Mas isso significa um intervalo de menos de 66 horas entre as duas partidas. Mais três jogos de clubes atrapalhados.

Depois, há a Olimpíada, que inicia em 24 de junho a 8 de agosto. Neste período, há cinco partidas de clubes previstas, entre Copa do Brasil, Libertadores e Brasileiro da Série A. Dependendo da preparação do time olímpico, outra partida da Libertadores pode ser afetada. A Olimpíada não é data-Fifa e os clubes podem recusar a convocação e enfrentar a entidade.

Por fim, há a final da Libertadores marcada no final de semana de um jogo do Nacional. É óbvio que a CBF terá de deslocar uma partida de eventual finalista brasileiro. Mas já é bizarro a entidade ter marcado rodada no final de semana da partida mais importante do continente, algo impensável no mundo civilizado do futebol.

Sobre o Autor

Nascido no Rio de Janeiro, em 1977, Rodrigo Mattos estudou jornalismo na UFRJ e Iniciou a carreira na sucursal carioca de “O Estado de S. Paulo” em 1999, já como repórter de Esporte. De lá, foi em 2001 para o diário Lance!, onde atuou como repórter e editor da coluna De Prima. Mudou-se para São Paulo para trabalhar na Folha de S. Paulo, de 2005 a 2012, ano em que se transferiu para o UOL. Juntamente com equipe da Folha, ganhou o Grande Prêmio Esso de Jornalismo 2012 e o Prêmio Embratel de Reportagem Esportiva 2012. Cobriu quatro Copas do Mundo e duas Olimpíadas.

Sobre o Blog

O objetivo desse blog é buscar informações exclusivas sobre clubes de futebol, Copa do Mundo e Olimpíada. Assim, pretende-se traçar um painel para além da história oficial de como é dirigido o esporte no Brasil e no mundo. Também se procurará trazer a esse espaço um olhar peculiar sobre personagens esportivas nacionais.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Blog do Rodrigo Mattos