Topo
Blog do Rodrigo Mattos

Blog do Rodrigo Mattos

Categorias

Histórico

Procuradoria do STJD denuncia Galiotte e Jesus por falas sobre árbitros

rodrigomattos

16/10/2019 15h45

A procuradoria do STJD fez denúncias contra o presidente do Palmeiras, Maurício Galiotte, e o técnico do Flamengo, Jorge Jesus, por declarações contra árbitros. Ainda será feito um pedido de explicações ao presidente do Santos, José Carlos Peres, que não será denunciado por suas falas sobre arbitragem por ter se retratado.

A denúncia contra o técnico rubro-negro foi nos artigos 258 e 243-F do Código Brasileiro de Justiça Desportiva. O primeiro item trata de conduta que desrespeite a disciplina ou a ética, o que pode ser dirigido a árbitros. Após a partida diante do Athletico-PR, em que um pênalti para o Flamengo foi marcado e anulado -, Jorge Jesus afirmou: "Não vim preparado para jogar contra o juiz." Cada artigo pode gerar advertência, multa ou suspensão de um a seis jogos de suspensão.

Já o presidente palmeirense, Maurício Galiotte, foi denunciado no artigo 258 por suas declarações após o jogo com o Internacional. "Em muitos lances, o VAR não tem atuado em jogos do Flamengo, isso é fato. Ontem foi um exemplo. Tem o jogo do Internacional também, no Maracanã. A gente vem a público pedir uma arbitragem que apite igual para todos", afirmou o presidente alviverde. No caso de dirigente, a suspensão por ser de 15 a 90 dias.

"Há um ano atrás eventualmente nós denunciávamos os dirigentes por questionar publicamente a arbitragem atribuindo-lhe uma conduta como de má-fé fosse. Hoje a única diferença é que eles o fazem em razão da utilização da tecnologia (Var), logo a conduta imprópria e obviamente desrespeitosa – pois para qualquer homem médio é nítido que as declarações tem cunho acusatório e desrespeitoso – traz uma grande instabilidade a competição, ao trabalho da arbitragem e consequentemente descrédito ao campeonato", afirmou o procurador-geral do STJD, Felipe Bevilacqua, que entende que as reclamações deveria ser feitas internamente para a CBF.

Havia uma análise também sobre as declarações de Peres, do Santos. Ele não foi denunciado porque houve um entendimento que suas falas posteriores amenizaram o teor e serviram como retratação. Na sexta-feira, o presidente santista Peres afirmara: "Se depender do VAR, o Flamengo será campeão." Mas, posteriormente, disse que podia ser "uma coincidência" e afirmou que não tinha intenção de criticar. Por isso, só serão pedidos esclarecimentos ao dirigente sobre a sua declaração.

 

 

 

Sobre o Autor

Nascido no Rio de Janeiro, em 1977, Rodrigo Mattos estudou jornalismo na UFRJ e Iniciou a carreira na sucursal carioca de “O Estado de S. Paulo” em 1999, já como repórter de Esporte. De lá, foi em 2001 para o diário Lance!, onde atuou como repórter e editor da coluna De Prima. Mudou-se para São Paulo para trabalhar na Folha de S. Paulo, de 2005 a 2012, ano em que se transferiu para o UOL. Juntamente com equipe da Folha, ganhou o Grande Prêmio Esso de Jornalismo 2012 e o Prêmio Embratel de Reportagem Esportiva 2012. Cobriu quatro Copas do Mundo e duas Olimpíadas.

Sobre o Blog

O objetivo desse blog é buscar informações exclusivas sobre clubes de futebol, Copa do Mundo e Olimpíada. Assim, pretende-se traçar um painel para além da história oficial de como é dirigido o esporte no Brasil e no mundo. Também se procurará trazer a esse espaço um olhar peculiar sobre personagens esportivas nacionais.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Blog do Rodrigo Mattos