Topo
Blog do Rodrigo Mattos

Blog do Rodrigo Mattos

Categorias

Histórico

Clubes rejeitam benefícios só para quem virar empresa e exigem igualdade

rodrigomattos

19/10/2019 04h00

Em mais uma reunião na CBF, a comissão de clubes decidiu fechar posição contrária ao tratamento diferenciado entre clubes-empresa e associações civis previsto no projeto de lei do deputado Pedro Paulo (DEM-RJ). Será apresentada uma proposta para o parlamentar para que iguale eventuais renegociações de dívidas, mudanças trabalhistas e direitos de exploração de propriedades. Quem não corroborou a posição dos outros clubes foi o Botafogo.

O projeto do deputado Pedro Paulo prevê que os clubes que virarem empresa terão acesso a uma renegociação de dívidas fiscais (espécie de Refis) com descontos e terão direito a exploração dos direitos de apostas. Além disso, estão previstas alterações trabalhistas pelas quais salários acima de R$ 11.600 de jogadores não seriam mais regidos pela legislação trabalhista.

A maioria dos clubes tem manifestado rejeição ao projeto de lei em reuniões e em uma audiência pública na Câmara. Pedro Paulo e o presidente da Câmara, Rodrigo Maria, não desistiram de aprovar o projeto com certa urgência: querem fazer-lo antes da reforma da previdência.

Pois bem, na reunião de sexta-feira, estavam presentes os quatro grandes do Rio de Janeiro, Flamengo, Vasco, Botafogo e Fluminense, além de pelo menos São Paulo e Bahia, entre outros times. Ao final, os clubes decidiram que, como princípio, entendem que clubes-empresas e associações têm que ter direitos iguais.

Assim, defendem que, se houver Refis, que seja dado para ambos. Há a mesma reivindicação em relação aos direitos de exploração do nome por sites de apostas. Outro ponto das agremiações é que a tributação das associações seja igual ou menor do que a dos clubes-empresa.

A vantagem para quem decidisse pelo formato empresarial seria a possibilidade de recorrer à recuperação judicial, o que só é previsto para esse tipo de estrutura. A tendência é que os clubes levem esse grupo de reivindicações para Pedro Paulo em reunião a ser marcada na próxima semana.

O Botafogo foi o único clube que não deu aval ao documento. O clube tem R$ 750 milhões em dívidas e já há em curso um projeto para transforma-lo em empresas. Alguns clubes nos bastidores apontam que o projeto de Pedro Paulo é feito sob medida para o time alvinegro que tem como torcedor Rodrigo Maia. O deputado nega que a legislação seja só para atender o Botafogo.

O blog tentou falar com o porta-voz dos clubes, que é o presidente do Vasco Alexandre Campello, sem sucesso.

Sobre o Autor

Nascido no Rio de Janeiro, em 1977, Rodrigo Mattos estudou jornalismo na UFRJ e Iniciou a carreira na sucursal carioca de “O Estado de S. Paulo” em 1999, já como repórter de Esporte. De lá, foi em 2001 para o diário Lance!, onde atuou como repórter e editor da coluna De Prima. Mudou-se para São Paulo para trabalhar na Folha de S. Paulo, de 2005 a 2012, ano em que se transferiu para o UOL. Juntamente com equipe da Folha, ganhou o Grande Prêmio Esso de Jornalismo 2012 e o Prêmio Embratel de Reportagem Esportiva 2012. Cobriu quatro Copas do Mundo e duas Olimpíadas.

Sobre o Blog

O objetivo desse blog é buscar informações exclusivas sobre clubes de futebol, Copa do Mundo e Olimpíada. Assim, pretende-se traçar um painel para além da história oficial de como é dirigido o esporte no Brasil e no mundo. Também se procurará trazer a esse espaço um olhar peculiar sobre personagens esportivas nacionais.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Blog do Rodrigo Mattos