Blog do Rodrigo Mattos

Arquivo : Zé Ricardo

Fla ofereceu para Zé Ricardo ficar na comissão técnica, mas ele recusou
Comentários Comente

rodrigomattos

Ao comunicar sua saída do comando técnico do time, a diretoria do Flamengo propôs para Zé Ricardo que ele continuasse na comissão técnica por entender que é um profissional qualificado. Mas o treinador preferiu deixar o clube.

Zé Ricardo ficou no Flamengo por mais de um ano e agradava a cúpula rubro-negra, principalmente ao presidente, Eduardo Bandeira de Mello. É visto como um treinador estudioso e aplicado, e que por isso tem futuro em sua carreira. Foi formado nas divisões de base rubro-negra. A diretoria do Flamengo compreendeu a recusa de Zé Ricardo de não ficar no clube após o trabalho desenvolvido.

A permanência dele à frente do time titular do Flamengo se tornou insustentável após a derrota contra o Vitória. A conclusão é de que seria impossível ele aplicar qualquer de suas ideias no clima que se criou contra o treinador.

Além disso, há a conclusão de algumas correntes na diretoria de que é preciso uma nova liderança que motive os jogadores rubro-negros em meio à crise. Óbvio que o primeira característica que será considerada é a qualidade do técnico. Um dos candidatos, Roger Machado é visto como um técnico com mais perfil de animar o clube do que Zé Ricardo.


Fla aumentará salário de Zé Ricardo e desiste de procurar técnico
Comentários Comente

rodrigomattos

A diretoria do Flamengo não gosta de falar em rótulos e evita usar a palavra efetivação para o técnico Zé Ricardo. Mas, na prática, ele ganhou o direito de ficar no cargo ao levar o time à 5a posição no Brasileiro. Seu salário será aumentado e o clube desistiu de procurar técnicos.

Quando assumiu o time, há pouco mais de um mês, Zé Ricardo era apenas um interino que guardaria o lugar para o treinador a ser contratado – havia contatos com Abel. No final de maio, a diretoria rubro-negra decidiu dar alguns jogos para ver se ele se firmavaAgora, vai lhe proporcionar um aumento e uma efetivação branca.

“Não estamos procurando (técnico)”, diz o presidente do Flamengo, Eduardo Bandeira de Mello. Ao explicar o que lhe agrada no treinador, o dirigente elencou: “Sério, competente, estudioso, excelente relacionamento com os jogadores, etc.”

O treinador obteve 59,2% dos pontos até agora, com cinco vitórias, um empate e três derrotas. Entre os times que enfrentou, estão Palmeiras, São Paulo e Internacional – acumulou quatro pontos contra eles. No domingo, pega o Corinthians.

Desde que assumiu, o Flamengo passou a jogar de forma mais compacta, tanto ao atacar quanto ao voltar para marcar. Tornou-se a segunda melhor defesa do Brasileiro ao lado do Internacional (11 gols sofridos), embora ainda erre bastante nas conclusões a gol.


Fla decide dar jogos para Zé Ricardo e não tem prazo para definir técnico
Comentários Comente

rodrigomattos

A diretoria do Flamengo decidiu dar alguns jogos para o técnico Zé Ricardo tentar se firmar no comando do clube. Ele terá esse tempo para provar que pode assumir de vez o time enquanto não há uma decisão se o clube irá procurar ou não um treinador para substituir Muricy Ramalho, nem um prazo para haver essa definição.

Técnico do sub-20 rubro-negro, Zé Ricardo foi escolhido para ser interino no meio da semana passada. No domingo, o time rubro-negro venceu a Ponte Preta. Esse resultado ajudou a melhorar o clima dentro do clube, mas não foi decisivo para a dar a chance ao novo treinador já que foi impossível para ele impor qualquer tática em um jogo.

Há uma avaliação entre cartolas rubro-negros de que o técnico tem boa formação, e mostrou saber dar padrão ao time na base. Tanto que houve um esforço para mantê-lo no clube quando a CBF lhe fez uma ofertar de um cargo de técnico na divisão de base, no início do ano.

Além disso, não há no mercado um técnico que fascine os dirigentes rubro-negros. O preferido Abel Braga sofre resistência de parte da torcida, e tem problemas burocráticos para assumir o time agora por conta de cláusulas do seu último contrato no Oriente Médio.

Oficialmente, o discurso ainda é de indefinição sobre o futuro. O presidente Eduardo Bandeira de Mello disse que continua avaliando a situação “com calma e criteriosamente”. Enquanto isso, Zé Ricardo tem sua chance.

 


< Anterior | Voltar à página inicial | Próximo>