Topo
Blog do Rodrigo Mattos

Blog do Rodrigo Mattos

Categorias

Histórico

Libertadores terá rotatividade na Globo com prioridade para Fla e Palmeiras

rodrigomattos

20/12/2018 04h00

A tabela da Libertadores foi feita com influência dos novos contratos de direitos de transmissão com maior rotatividade entre os times nos veículos que compraram direitos. Em compensação, as emissoras não puderam montar a tabela juntamente com a Conmebol como faziam antes. Ainda assim, a Globo conseguiu prioridade para ter sempre pelo menos um jogo de Flamengo ou Palmeiras para seu horário na quarta-feira.

Uma outra mudança na programação de jogos foi o horário de 21h30, 15 minutos mais cedo do que o anteriormente usado pela emissora. Foi uma imposição da Conmebol no processo de licitação com o objetivo de criar um horário padrão e mais cedo para os torcedores.

Na distribuição dos jogos da fase de grupo, a Globo tem direito a um jogo por rodada, ou 6,25% do total de partidas. Na tabela, há quatro jogos do Flamengo e três do Palmeiras marcados para o horário de 21h30 na quarta-feira, o utilizado pela emissora. Pela divisão, a emissora sempre terá um dos dois para exibir na TV Aberta. Na última rodada da fase, poderá escolher um dos dois.

Há ainda jogos de Grêmio, Internacional e Cruzeiro, marcados para o horário de 21h30 na quarta-feira nesta fase. Na fase pré-Libertadores, o São Paulo tem seus dois jogos eliminatórios previstos para o horário da Globo.

Ao mesmo tempo, a Conmebol reservou 18,75% dos jogos da fase de grupo para quinta-feiras, no pacote comprado pelo Facebook. E há seis partidas de brasileiros, bem distribuídas, sendo Flamengo, Palmeiras, Grêmio, Cruzeiro com um jogo, e o Atlético-PR com duas partidas.

O restante das partidas da fase de grupos, em um total de 75% do total, será exibido nas TV Fechadas, Fox Sports e Sportv. A Fox tem a prioridade em escolhas do jogo por ter comprado o pacote um desse segmento. Há 24 jogos de times brasileiros nas terças e quartas-feira que serão exibidos nos dois canais.

A tabela teve influência dos contratos de televisão, mas pela primeira vez não foi montada juntamente com as emissoras. Anteriormente, ao final do sorteio, o departamento técnico da Conmebol se reunia com dirigentes de emissoras que escolhiam cada jogo e traçavam a tabela.

O cronograma das partidas feito pela confederação sul-americana gerou confusão com a marcação de datas coincidentes com a Recopa e datas Fifa, além de desrespeito ao previsto no regulamento. A Conmebol faz ajustes e promete mudar datas para times que sofram desfalques por convocações de seleções.

Sobre o Autor

Nascido no Rio de Janeiro, em 1977, Rodrigo Mattos estudou jornalismo na UFRJ e Iniciou a carreira na sucursal carioca de “O Estado de S. Paulo” em 1999, já como repórter de Esporte. De lá, foi em 2001 para o diário Lance!, onde atuou como repórter e editor da coluna De Prima. Mudou-se para São Paulo para trabalhar na Folha de S. Paulo, de 2005 a 2012, ano em que se transferiu para o UOL. Juntamente com equipe da Folha, ganhou o Grande Prêmio Esso de Jornalismo 2012 e o Prêmio Embratel de Reportagem Esportiva 2012. Cobriu quatro Copas do Mundo e duas Olimpíadas.

Sobre o Blog

O objetivo desse blog é buscar informações exclusivas sobre clubes de futebol, Copa do Mundo e Olimpíada. Assim, pretende-se traçar um painel para além da história oficial de como é dirigido o esporte no Brasil e no mundo. Também se procurará trazer a esse espaço um olhar peculiar sobre personagens esportivas nacionais.

Mais Blog do Rodrigo Mattos